18 novembro 2007

Donas de casa relaxadas

Apesar de toda as lutas que as mulheres travaram, e de todas as cenas que reinvidicaram, constatei que ainda há muita gaja que procura um gajo pa casar e pa este pagar as contas, ou seja, gajas que até tiraram cursos superiores e tal e coisa, e depois acabam por nunca os exercerem, dedicando-se a serem donas-de-casa a tempo inteiro!

Eu continuo a achar que as mentalidades não mudaram tanto assim em 50 anos de evolução cultural... O que me espanta é haver ainda muita gaja que não queira ter uma profissão, e independência económica, ou melhor ainda... a profissão que almejam é: esposa de dôtor, esposa de engenheiro, etc.

E o que mais me admira é haver muitas delas que cravaram os pais para que estes lhe pagassem uma formação superior, para depois.... NUNCA a exercerem!!! Claro, nesses meios há maior concentração de dôtores e engenheiros para fisgar... ahahahah (já sabem que eu não podia passar sem mandar a minha boca!)

Admira-me os gajos aceitarem essa situação!!! Casam com uma pessoa licenciada, e tal, a pensarem que será uma boa ajuda para o orçamento familiar, e no fim... Pumba!!! A gaja cola-se a ele, e arranja maneira de nunca trabalhar!!! Como será que lhe diz??? "Olha querido, agora que casei contigo estás refodido, porque eu vou ocupar-me só dos filhos e da casa, fica à tua responsabilidade ganhar gravetame para pagar as contas!"

Ou será uma cena mais subtil?? A gaja pouco a pouco vai-se desligando do mundo do trabalho, nunca aparece nada de jeito, entretanto fica grávida... E claro, já agora aguenta mais um pouco porque nenhum patrão vai contratar uma grávida, depois vem a parte do aleitamento e tal... e pufas!!! 2º filho... quando se vai a dar conta a gaja pura e simplesmente esqueceu-se de mandar currículos e é dona de casa a tempo inteiro!!!

Visto isto sob uma perspectiva masculina: gajos deve ser fodido ser o burro de carga lá de casa!!! Recai sobre as vossas costas a responsabilidade de pagamento de todas as contas, mas com uma vantagem!!!! Sim... Sim... Não pode ser tudo agruras... Lá em casa a vossa gaja não "risca" nada!!! Ela até queria comprar uns sofás novos... Mas foda-se!! Quem decide são vocês, ela se quer decidir que vá ganhar dinheiro primeiro!!! Por outro lado, têm uma sopeira a tempo inteiro, incluindo férias e fins de semana!!! Quando chegam a casa, lá está a vossa gaja fresca e airosa, com as pantufas e o jornal na mão à vossa espera!!! (ahahah pronto!! a parte da fresca e airosa... vai lá vai!!!)

Visto sob uma pespectiva feminina: Gajas!?!? Eu nem quero acreditar... Não se sentem mal, sempre que precisam de alguma coisa, terem que pedinchar ao vosso gajo que vos dê dinheiro?? E se quiserem gastar algum dinheiro mal gasto? (como tanta gaja gosta de fazer) Não gostavam de ter a vossa independência económica? E se um dia o casamento dá para o torto?? Ficam assim como que uma mão à frente e outra atrás... Já agora e como sabem que sou uma cusca, gostaria de fazer mais uma perguntinha: levantam-se de manhã, dão o pequeno almoço à canalhada, vão deixá-los na escola... Ok! Até aqui tudo bem... E agora com que ocupam o vosso tempo o dia todo até serem horas de irem buscar as crianças???

Às vezes chego a pensar que este tipo de gajas é que é a mais esperta... Senão vejamos: não sabem o que é acordar de madrugada TODOS os dias para irem trabalhar, não sabem o stress que é ter responsabilidade para pagar as contas, não sabem o que é trabalhar 10 a 12 horas diárias e serem mal pagas por isso, não sabem o que é passar horas na estrada ou a conduzir para irem para o trabalho, não sofrem do stress para cumprirem os prazos que o patrão estipulou, não sabem o que é estar de baixa e todo o stress inerente, não sabem o que é andar sempre a correr e sem tempo para nada... Afinal...

Este tipo de gajas bem podiam ser todas umas barbies, afinal dispoem de tempo que mais nenhuma mulher que trabalha dispõe... Tempo esse que pode ocupar a tratar dela e da sua saúde e imagem!!!!!

PS: Quero aqui frisar, que há muito boa gente, que apesar de mandar montes de currículos, não encontram trabalho. E muitos que encontram trabalho, são explorados e mal pagos! Malta eu sei muito bem que existem muitos casos desses, e quero deixar o meu apoio e compreensão para connvosco!! Este post é dirigido para ouuuutro tipo de gajas!!!!

158 comentários:

Moyle disse...

Art. nº 1 - Gente estúpida é outra louça...
O Moyle só aproveitou para comentar porque seria o primeiro. Quanto ao resto aplica-se o artigo primeiro.

Pedro disse...

Gostei do seu post mas achei uma forma simplista de colocar as coisas.
Muitas das vezes se fôrmos a analisar, a maior parte das mulheres trabalha para nada!
O dinheiro extra que supostamente ganham vai todo para o ATL dos meninos, para as refeições, para os transportes, etc.ficando pouco para ....os alfinetes.
Passa tudo por as pessoas fazerem opções de vida e de se sentirem bem com esss opções, há e de as poderem fazer!
Penso que a maior parte anda fodida com a vida , e também de outro ponto de vista mal fodida, pois não há tempo para mais!
Daí vêr o pessoal na rua com uma cara de cu que não se aguenta, atarefados com o stress da puta de vida sem qualidade que são obrigados a têr!
Também a mulher que está em casa não passa própiamente a vida de papo para o ar, isso é um engano, se não acreditam perguntem ás vossas mãezinhas como era há 40 anos atrás!
Sim a mulher aumentou a sua autonomia, mas.......á custa de quê?
Há, compreendo perfeitamente que elas têm direito a têr essa autonomia e de certo modo ainda bem que a têm.Parece contraditório, mas não é.

Pedro disse...

Há e achei piada ao "não sabem o que é trabalhar 10 a 12 horas diárias e serem mal pagas por isso", e que tal trabalhar 10 ou 12 horas por dia em casa e não serem pagas por isso!?

PsYcHo_MiNd disse...

Quando há filhos pequenos e se ela quiser parar por uns anos para ficar a tomar conta dos putos e mais tarde voltar a trabalhar tudo bem, é normal de acontecer, se não quiser ficar em casa para ir trabalhar nada contra. Mas quando um gajo ganha o suficiente para os dois e se consegue ter uma vida minimamente sem problemas financeiros por que não a mulher ficar em casa... ou o contrario... também nós homens temos o direito a ficar em casa. Mas há muita gaja, assim como muito gajo (menos é certo) que apenas casam por interesse, querem um parceiro rico para ficarem em casa sem fazer nada, mas também há aquelas que ficam em casa e trabalham, não só tomar conta dos putos, como limpezas, refeições e mil e uma outras coisas que fazem, essas mulheres tem o seu valor, tão a contribuir para o casamento e muitas vezes é bem pior que o trabalho que os maridos fazem
e para o qual podem ser muito bem pagos. Se a mulher quiser ficar em casa não vejo problema, mas se é para ficar a coçar a micose todo o dia e sem fazer nada é que haveria de ser bonito.

Bernardo Moura disse...

Ainda há muita gaja que quer ser DONA DE CASA! É verdade! tiram o sursinho da moda, se possivel de psicologia e depois de terem o primeiro filho ficam as chamadas "donas de casa". Claro que existe o oposto, as mulheres que acham que por terem conquistado um "canudo" que acham que não devem mexer uma pena em casa e que o gajo que se amanhe após ela dar à teta.
Vivemos numa sociedade de extremos, na qual eu ainda não me inseri ( a este nivel ) porque não considero que existam "donas de casa" nem "donos de casa".
Partilhar "tarefas domesticas" nunca fez mal a ninguém nem fará. Quanto aos graus laborais de cada um, que seja o melhor possivel e não que se torne numa disputa (patetica) !

Beijos domingueiros

Bernardo Moura disse...

"..sursinho.." DEUSMALIBRE! CURSINHO!

Gaja Boa 1 disse...

Moyle

Bem haja o primeiro!!! E olha que não é fácil ser o 1º a comentar!!!

beijos primeirissimos

Gaja Boa 2 disse...

Xiça...tanto gajo a defender a dona de casa. E atao aquelas que alem de trabalharem fora ainda trabalham dentro de casa?
Mas creio que não apanharam a essencia deste post. Creio que a gaja boa 1 se refere às dessimuladas. Que fingem preocupar-se em arranjar emprego quando no fundo querem é pastar a pevide....

bjs

Gaja Boa 1 disse...

Pedro

Antes de iniciar a minha resposta, este post não teve o intuito de criticar as donas-de-casa, ou fazer os prós e contras de quem trabalha.

Mas agora fazendo de advogada do diabo (só para ser do contra):

1º - Há 40 anos atrás, as famílias tinham quase todas mais de 4 filhos

2º - Não havia actividades
extracurriculares, e as aulas era por turnos, ou manhã ou tarde, e não havia ATL... A mãe era quase que obrigada a tomar conta dos filhos

3º - A mãe, não tinha os novos electrodomésticos para ajuda, nomeadamente: aspiradores, máquina de lavar e secar roupa (era lavado tudo à mão), fornos eléctricos (muitas domésticas nem sequer fogão a gás tinham), micro-ondas, etc etc... Era TUDO manual!

4º - Normalmente a mulher além de todos os trabalhos domésticos desgastantes, ainda se dedicava à agricultura

5º - Mesmo que a mulher quisesse trabalhar havia muito poucos trabalhos disponíveis para elas.

Actualmente um casal tem 1 filho, dois no máximo!! A criança vai pa a escola, passa lá o dia todo, será que actualmente a mãe tem assim tanto trabalho doméstico para fazer?

Quanto ao resto, e então as que trabalham 10 a 12 horas por dia e ainda voltam para casa e fazem tudo que as donas-de-casa fazem??

Beijos questionados

FC disse...

Olá gajas...

I'm back

É a tal história... se for um gajo a fazer isto é chulo... se for uma gaja é dona de casa...

faz lembrar aquela outra história... foder muito e com muitos(as)... se for gaja é vaca... se for gajo é macho...

vá lá a gente entender-se

;)

Gaja Boa 1 disse...

PsYcHo_MiNd

Acho que qualquer mulher e se puder, pelo menos passava 3 anos com o filho depois de nascer. Em muitos países fazem isso, e o estado protege-as. Aqui é impensável...
Eu defendo isso, uma mãe deveria poder ficar com os filhos 3 anós após o nascimento, e depois poder regressar ao trabalho...

Mas ao contrário do que se retrata neste post, claro, haja a partilha das responsabilidades e dos deveres!!!

beijos repartidos

Gaja Boa 1 disse...

Boazona

Pois, também já falei nisso, nas que trabalham e chegam a casa e ainda fazem o resto dos trabalhos domésticos...

Eu acho que a malta não captou o verdadeiro espírito deste post... lol

beijos espirituosos

Gaja Boa 1 disse...

Bernardo Moura

lol Realmente vivemos numa sociedade do 8 ou 80... A mulher passou da dependência total do marido, para a independência... Acho que no meio é que está a virtude... Há que repartir as responsabilidades e obrigações!!

Haja diálogo e tudo se resolve...

beijos repartidos

Gaja Boa 1 disse...

FC

ahahha Realmente!!! As merdas vistas sob perspectivas diferentes, toma formas completamente distintas...lol

beijos distintos

Gollum disse...

Fazes-me lembrar uma amiga....além de estar em casa a tomar conta dos dois putos que conseguiu cravar ao gaijo, não faz mais nada...o pobre do gaijo é que chega tardissimo, com as compras feitas e ainda vai fazer o jantar. Dasse, deve ser mesmo amor!!!!
Bjokas pás duas ;)

fernandinho vai ao vinho. disse...

Não gosto de mulheres que seguem dois passos atrás dos maridos. Quanto às tarefas domésticas, não é bem dividir, mas dou o meu contributo. Há duas coisas em que nunca me ajeitei. Lavar a roupa e engomar. As desventuras da vida levaram que tivesse de passar um ano sozinho. Liguei aos meus colegas para que me alugassem casa e lá fui na esperança de arranjar uma senhora para me tratar da roupa (carago, só queria que fosse como as das fotos!). Não arranjei. A lavandaria mais perto era a 20 Km. Como a casa estava toda equipada, toca a ligar à patroa para me ensinar a trabalhar com a máquina de lavar roupa. Com aquela voz de pânico que nunca vou esquecer, a primeira coisa que me disse foi para não juntar a roupa clara com a escura. Depois era o martírio de engomar a roupa. No início era aos dois e três vincos. Nas suas férias era um descanso. Quando ela lá ia deixava-me sempre a roupa lavada e engomada. Aconteceu um episódio que ainda hoje os meus colegas da altura recordam. No último dia das suas férias deixou-me uns lençóis a secar no quintal, com recomendações que depois os recolhesse e engoma-se. Enquanto tive lençóis lavados no gavetão, lá o fernandinho se lembrou dos lençóis da rua. Decorridos uns largos dias dei com os lençóis dobrados no varão das escadas. Tinha sido a velhinha da casa ao lado. A boa senhora deve ter tido trabalho na dobra, pois aquilo já estava pior que bacalhau. Quando me cruzei com ela e lhe agradeci a boa acção, ela olhou-me com uns olhinhos que ainda não percebi se eram de pena de mim ou da minha patroa. Tirando esses pequenos contratempos, foi um ano bem passado e a ilha sim que tinha uma boa pinga (o verdelho dos biscoitos), touros e mulheres bonitas. A aguardente é que não valia nada.

Saúde, vinho do bom e pataniscas de bacalhau.

Nariz empinado disse...

Já me tinha perguntado se essas mulheres existiam mesmo pq é difícil para mim conceber que existam mulheres q se encostem aos maridos. Mais difícil ainda de conceber é existirem maridos que aceitam estas mulheres.
Ser-se é dona de casa por opção, pq trabalhar, é muito cansativo, é desprestigiante para as mulheres.
Afinal elas existem mesmo! E eu não queria acreditar! Obrigada gaja boa 1 por me teres ilucidado.
Concordo com cada palavra escrita por ti.
Até pq eu tb sou da classe q trabalha 10 a 12 horas por dia e passo 2 horas no transito p chegar ao trabalho.

Bjinhos

dennis disse...

Excelente post.

É verdade tudo o que referiram, pois uma forma de as ver ao "vivo" é na porta dos colégios "de bem".
Já é estereotipado este tipo de mulher: a dondoca que sai de manhã para levar o(a) miudo(a) ao colégio e fica na porta do mesmo a conversar, das politicas de ensino das educadoras.
Reparo quando vou buscar a minha filhota, que as mesmas estão de manhã a fazer o mesmo e quando lá chego, continuam aquilo que quando saio.
São dondocas formadas , com cursos especializados e da forma como têm tempo, indicia que nao fazem mais nada que o trabalho de ir levar/buscar os filhotes.
Por mim nem aquece nem arrefece (bom na verdade aquece pois algumas afiava o dentinho), pois nem sequer tenho tempo de contemplar mais do que os momentos que levo ou vou buscar, o trabalho nao me permite, muito menos porque sou pai (e mãe) duma criança muito activa. Estas mulheres, tem practicamente tudo feito: levantam-se, levam os miudos, conversam na porta do colégio, chegam a casa encomendam as compras pelo Continente-Online, tem uma empregada que lhes faz o comer, vai buscar o miudo á hora de almoço e lava-o depois, de tarde faz as compras no NorteShopping para o Natal, até á hora de ir buscar o rapaz, enquanto a empregada lhe deixa a comida orientada prá noite. Mas é uma espécie a perceber com mais tempo.
Bjs Adorei este post.

Laredo disse...

Há pois é, há de tudo por aí...aquelas que desafortunadamente tiraram o canudo e não conseguem exercer nada parecido e não estando para baixar os padrões, acabam armadas em donas de casas desesperadas, há as que desistem de trabalhar porque não ganham para os transportes, comer fora e pagar a quem lhes limpe a casa e tome conta dos putos.

Depois há as outras, as espertalhaças, as tais que tiraram cursos para entretanto melhor caçarem o oturso, e aquelas mais espertas ainda, ou quiça mais boazonas ou com melhor desempenho onde nós muito bem sabemos, que em vez de tirarem o curso, limitavam-se a estar presentes em todas as festas das faculdades lá do burgo.

Mas de facto, eles importam-se com isso?
Muitos preferem que assim seja, afinal, e pelo menos em teoria, a dona de casa corre menos riscos de travar conhecimentos perigosos para a relação, e tem mais tempo para se manter na linha e estar fresca e disponível para o regresso do guerreiro.
Afinal de contas, sem que o gajo saiba, a mesada dela ainda dá para pagar à mulher a dias, enquanto ela paira na manicura ou quem sabe, nalgum motel...

Assim haja dinheiro! No fundo, é uma simbiose, desde que o avião justifique as despesas de manutenção e o graveto não falte...

Nos dias que correm, a afluência de candidatas e disputa de lugares de dona de casa do Sr. Engenheiro "top gun" com pedigree xpto, é cada vez mais exacerbada, quase tão exagerada como aquela que as pitas fazem de volta dos alunos do sporting na escola secundária...tal é a situação sócio económica que o país chegou.

Alguém ainda se admira com isto?
Para algumas é rigorosamente a única forma possível de adquirirem ou manter o status desejado, ou de onde é que pensam que caíu a célebre afirmação de que " a mulher é a puta mais cara que um homem pode ter " ?

Por acaso, não terá sido da boca de algum dos tais engenheiros ou jogadores de futebol?

disse...

Concordo plenamente quie as Mulheres trabalhem independentemente de terem bons suportes, não tolero aquelas que só querem estar encostadas e a viver ás custas do homem, podendo elas tambem ter o seu próprio desempenho na sociedade sem ser o de estar a tomar conta da casa ( e muito mal!)Existem muitas situações em que a mulher quer trabalhar e não tem oportunidade para tal, são muitos casos e com excepções tambem, sou contra o não se dar emprego a uma Mulher quando esta está em tempo de gravidez ou no caso de ser despedida no fim de ter dado á luz.
Aquelas que efectivamente são dotadas para serem únicamente donas de casa, pois que o sejam e já lhes chega bem tratar da familia porque o sabem fazer da melhor forma,outras que nem para massajar o pincel prestam, então que se dediquem a não fazer os outros desperdiçar o su tempo, aquelas que só querem viver em grande, fazer vista perante os outros, de andar de nariz empinado, senhoras da alta, então que gozem com tudo menos com a dignidade de cada um.
Resumindo; há Mulheres para todos os gôstos e afins, mulheres que merecem um H e as que nem um h merecem, porque uma mulher não se quer só para determinados serviços, quere-se sim uma mulher que saiba realmente se-lo.

Noivo disse...

vejamos o lado positivo da coisa: não pode ter dores de cabeça pq não faz nenhum; cansada não está ao fim do dia; moral da história: há sexo todos os dias! Foda-se tb quero! Quero antes de mais ser aumentado!

tavguinu disse...

gosto tantoooo de barbies !

looool

beijos do ken

Dr.Phil disse...

Que há mulheres cuja ambição é encontrar um tipo para lhe pagar as contas, é uma verdade inquestionável!

Ainda à dias no programa "O amor é..." da Antena 1, com Júlio Machado Vaz, se aludia a um estudo inglês sobre relações dentro do ambiente de trabalho, que indicava que 75%!Sim, 75% das mulheres não teria problemas de ter uma relação com o chefe se isso lhes permiti-se um ascensão mais rápida na carreira.

O porque da licenciatura?
É óbvio que o Sr.Dr. vai escolher uma Sra.Dra. para casar, logo o curso é um meio para obter um marido com melhores rendimentos.

Pessoalmente conheço diversos de mulheres licenciadas que estão muito 'felizes' em casa a cuidar dos filhos. Porque, levantar à 6h30 da manhã, arranjar os filhos para a escola, fazer 8 horas de trabalhos, voltar a casa e fazer o jantar e ainda ter a roupa para tratar, é muito cansativo.

É preferível levantar cedo, tratar das criança que o pai leva à escola, e voltar para dormir mais 1ou 2 horas, depois vai-se ao ginásio e almoça-se com as amigas(o tipo paga tudo!). Volta-se para casa pois está na hora da empregada chegar para limpar a casa e passar a ferro(pago pelo gajo). Ao final da tarde vai-se buscar as crianças ao ATL(pago pelo gajo). Sim! Porque se as crianças voltam logo para casa não há tempo para nada. Prepara-se então o jantar com uns congelados que se tirou à pressa do congelador. E quando o marido chega a casa, lá está ela a queixar-se que não tem tempo para nada, que anda muito cansada e não lhe apetece fazer nada.(esta é a dica para: logo há noite não há nada...)

O que é que sustenta estas situações: o divórcio litigioso. Ou seja, "Eu não trabalho, por isso se me deixares eu fico com a casa, com o carro, com os filhos e ainda vais ter de pagar a pensão de alimentos."

A solução: casamento com separação de bens e a acordo pré-nupcial de não reclamação de pensão de alimentos. Obviamente que depois entra a chantagem emocional: "Ah! Se queres as coisas assim é porque não gostas verdadeiramente de mim...Etc..."

Alternativa B: Atirar tudo ao ar, pedir a demissão do emprego, deixar de trabalhar durante uns 2 anos e a gaja compreende que dali não leva nada...

Anónimo disse...

Boa gaija.....esse tipo de mulheres já não me surpreende,mas o mais interessante é que eles apreciam este especime de gaija,k cala e consente...sem comentários

beijos

Paula

PEIXE disse...

oi minina...

Burros somos nós (homens) a sustenta-las.
Ficar sentada a ver as manhãs do Goucha e as tardes da Júlia...vão é trabalhar.
è um desejo secreto que tenhoe é ser doméstico, andar sem fazer nada e uma cota tipo betty "grafinshit" a sustentar-me...... ou então uma mulher que paga-se as contas e as férias, fazia um filho e pedia o rendimento minimo e passava as tardes nos cafezes a buber finos e a jogar bilhar..
Já tenho o plano pensado...

Enfim....uma vida fútil quem nunca a desejou de vez em quando que atire a primeira moeda 2 €......

beijos com muito sustento!!!

maragon disse...

Também gosto de barbies. É mais 1

Belo blogue. Vou passar a andar por cá.

Beijos carentes do maragon.

Ruivinha disse...

Para os machos que aqui teclam e acham que mulher é para ficar em casa cuidando das crianças, partilhem tarefas e ponham as dondocas a trabalhar que não faz mal a ninguem, eu não tenho ninguém que me sustente nem nunca tive, tenho 4 filhos um trabalho a tempo inteiro e um part-time de fim-de-semana e não sou a super mulher nem tão pouco sou de elástico, mas levo-os à escola de manhã, vou trabalhar, à tarde levo-os as actividades extra-curriculares e depois vou para casa onde cozinho, lavo, passo, limpo e arrumo e por incrivel que vos pareça ainda consigo tempo para passear, ir ao cinema, pintar, ler e até tenho tempo para umas quecas!! E ao fim de semana além das compras e das brincadeiras com os miudos ainda faço karaoke. Como? Basta ter vontade própria e muita determinação.

camas e algemas disse...

Tenho algumas amigas com esse tipo de vida e acredita que os maridões adoram e aplaudem, a dependência passa a ser a todos os níveis e isso para o machedo é uma posição muito confortável. Bjs e parabéns pelo texto pode ser que abra os olhos a estas tótós

pasteleiro noddy disse...

qual é o stress? um dr. ou um eng. desses que possa ter a mulher em casa é porque ganha € que chegue para isso.
o gajo ia trabalhar o mesmo quer ela trabalha-se ou não... por isso qual é o mal em poder dar essa vida à mulher e aos filhos? sim, porque os filhos também ganham em ter uma mãe 24h/dia!

além disso ter as cenas sempre feitas em casa dá muito jeitinho!

agora um gajo andar a matar-se a bulir uma data de horas por dia para que a mulher possa tar em casa sem fazer nada é que também não estou de acordo. trabalham os dois dentro e fora de casa e pronto.

bjs c creme

NeLiNhA disse...

está toda a gente a fazer grande confusão, o post refere-se a gajas preguiçosas que gostam de quem ganhe para elas, depois há aquelas que nunca tiraram nenhuma formação académica ou profissional e vivem sob ameaça dos maridos e que não podem sequer procurar emprego. e depois também há aqueles homens (sim, gajos) que vivem às custas das mulheres porque "ah e tal, tá dificil de arranjar qqr coisa na minha área".

Nanny disse...

Oh gaja! Eu cá sou das outras!

Eu não páro em casa tempo suficiente para fazer nada.... hihihihi

Olha, agora estou no Alto Douro Vinhateiro... eheheh

Beijocas da gata

Ruivinha disse...

É triste saber que hoje em dia, ainda há mulheres que dependem dos maridos e vice-versa, passando a vida a mendigar para comprarem qualquer coisita extra e depois quando o bem bom acaba... levam com tudo na cara e não sabem para onde se virar porque não sabem fazer literalmente nada, mesmo as que são formadas a partir dos 30-35 arranjam emprego aonde? Sejam independentes mesmo que comecem mais tarde e tenham perdido alguns anos de "vida". Eu fui mãe aos 16 aos 22 e aos 26(gemeos) comecei a trabalhar aos 17,casei aos 19 divorciei-me aos 28 e acabei o curso com 29, hoje estou com 39 e não dependo de ninguém só de mim mesma e sabem? É muito bom!!!

luafeiticeira disse...

Pois é, essas gajas é que a sabem toda, apesar que eu era incapaz de viver dependente de alguém. Já agora acrescento que quenato aos gajos que se deixam enrolar nisso é bem feito e é mais bem feito assim se elas lhe puserem os cornos, que hão-de ter muito tempo para isso. Até porque para otário, otário e meio, que é como quem diz: otário e corno.
beijos

SílviA disse...

Txiii parece que vejo este filme todos os dias no colegio. Ha pa la uma duzia de maes com filhos com mais de 3 anos que não fazem nadinha... uma boa parte delas é mesmo licenciada em Psicologia ou Sociologia.lol. O cumulo é que são das ultimas e a irem buscar s crianças por volta das 18h30 com a Instituição quase a fechar. Devem demorar-se muito no ginasio...deve ser. Que raiva!!!


Voces estao sempre em cima do acontecimento :P

Beijito

MyRedShoes disse...

mas o curioso, mesmo curioso é que se repararmos bem, a maior parte delas apesar de terem todo o tempo do mundo para elas mesmas, ao contrário de nós, não se apresentam em nada superiores a nós.

Acho que o simples facto de nos sentirmos úteis, independentes e capazes de mandar na nossa própria vida faz o milagre da compensação quanto ao facto de termos que andar sempre a correr e com a cabeça a mil à hora.

...além disso, sempre servem para gozarmos com os asnos dos maridos delas que vamos tendo como colegas de trabalho!!!

Som Do Silêncio © disse...

Oh Gajaaaa

Tu com este post fizeste-me lembrar uma amiga minha!
Ah pois é!
Ela casou...
Engravidou a 1ª vez...
Pariu...
Ficou por casa...
Engravidou a 2ª e Zassss
Continua em casa...

Eu já lhe perguntei que diabo está ela todo o dia a fazer em casa! Pois eu no lugar dela dava em louca!
E ela olhou-me com carinha de importante...
E disse que tinha muito que fazer!!!
Eu fiquei literalmente de 4!
E calei-me é claro...

Enfim não entendo como existem gajas assim.
E muitas deles acabam por se desleixar ao máximo!
Em vez de tratar da sua imagem, já que tempo de sobra não lhes falta!
E pronto se alguma dona de casa le está porra rogam-me uma praga que nem sei!
LOOOOL

Um Beijo Oh boazuda ;)

Blue Mayfly disse...

Ora bem... Esse tipo de vida para mim não dava. Não me imagino a ser dona de casa, logo eu que não sou nada prendada para a coisa.
Acima de tudo, faz-me confusão que as pessoas se contentem com isso. Claro que no caso das dissimuladas do post, este é o melhor que poderiam alcançar. Se fossem dissimuladas e espertas optariam por convencer o maridinho a abrir um SPA, no nome delas. Assim, entre dois tratamentos de beleza, faziam de conta que geriam o estaminé. Juntar o agradável ao agradável.
Não digo que um dia não abdique de uma carreira por algum tempo por causa dos filhos que venha a ter. Ou que pelo menos abrande o ritmo de trabalho. Mas dona de casa, dona de casa? Nãaaaaaaaaaao me parece.

Lelo Marmelo disse...

Olá gajada boa! Já me foderam o dia!!!
Comecei a ler a coisa e quando cheguei ao segundo paragrafo pensei pra mim: "Fonix de onde é que estas gajas conhecem a minha mulher???"
Não me revejo em nenhum dos casos acima descritos. Trabalho pra caral... porque sempre fui assim, desde chavalo (com gaja ou sem) mas não me acho um tolo por a gaja ficar em casa a coçar a pentelheira. Umas vezes trabalha, outras vezes não, tá à vontadinha!
Acredito que lhe falte umas lecas pró sapatinho novo, prá malinha... temos pena! Andar a passear o material nos ginasios, nos shoppings e o camandro, nickles... não há dinheiro não há palhaços! Também não o faço para a ter "controlada" ou ser minha empregada. O trabalho em casa é repartido, quer se trabalhe muito, pouco ou nada, uma coisa não tem que ver com a outra. Tem a ver com cultura e respeito.
No tecto onde dorme um, dormem dois ou três. Na mesa onde come um, idem. Não me sinto "explorado" por isso. No fundo também gostava de ter a vida dela mas depois onde é que ia arranjar o arame prás tainadas com os amigos, prós hobbys que gosto de manter, pra comprar aquela cena!? Parte do feitio de cada um, pra mim não dá!
A malta aí no inicio dos comentários a defender as "pobres gajinhas" que abram a pestana ou qualquer dia elas transformam-vos num bananinha.

Lelo Marmelo disse...

Ah, e faltou dizer que, com muito ou pouco dinheiro, muito ou pouco trabalho, quando chego a casa é comigo que tem de pinar!!! Quando assim não for, arranje um preto que leve barato (cerveja, amendoins...) pra fazer o serviço. Eu sou um porreiro, até faço de borla!!!!

PS - Ruivinha, se quiseres casar comigo... tratamos já dessa merda! Já não se fazem mulheres com eles (os ovários, claro) no sitio, como tu!

antonio disse...

Venho fazer uma correcção ortográfica ao meu comentário pois são M m e não H h , desculpem as minhas burrices.

Vânia disse...

Ah! Esqueceu-se desses belíssimos exemplares de mulheres domésticas mas com uma sorte do caraças que são as gajas dos chutadores da bola. Por aqui há muitas e cabem perfeitamente na descrição que fez... Elegantes, vistosas, boas comó milho e todas com os indispensáveis pares de cornos da praxe...

Beijinhos

rochitos disse...

E são estas gajas que andam sempre com depressões e o catano! Não admira, não fazem a ponta dum corno!

Xau aí ó gajada!

Laredo disse...

Ósdespois, temos as excepções como a Ruivinha, que estão cá para rebentar com a escala. Pode não ser a super-mulher, mas até disfarça bem. Há umas que têm mais energia e mais estofo que outras, é como tudo na vida. Os gajos é a mesma treta.

Há pois...também há melgas "gajos", já me tinha esquecido. Mas não devem ser assim tantos, que isto de gajo a chular gaja nunca foi muito bem visto do ponto de vista social, e elas de parvas, quando toca a dinheiro, não têm nada.

Encostar-se ou lutar por um lugar próprio ao sol, é condicionado por factores externos e internos. As capacidades das pessoas são diferentes, a vontade e o espírito de sacrifício também. As ajudas possíveis de obter ou não, também variam.

Vai daí que que aparecem conjunturas que não deixam grande liberdade de escolha.

As opções de vida tomadas, por esquisitas que sejam são por vezes, apenas e só, a melhor relação qualidade/preço que se pode obter.

Mas será que a nossa Ruivinha, em dada altura em que os filhos eram mais pequenos, nunca terá tido vontade de ser donddoka??

Vício disse...

digo-te que empregadas como essas das fotos conseguiam emprego mesmo sem formação superior!
podiam até fazer varias gerais por semana...

ruivinha disse...

Querido Lelo Marmelo, casamento já me chegou um... mas uma amizade nunca é demais, no meio disto tudo como ficava a tua gaja? Teria que se fazer a vida e só lhe fazia bem, assim já teria dinheiro para o sapatito e a mala nova.

Agora querido Laredo é para ti. Na realidade nunca senti vontade de ser dondoca. Quando tive a minha primeira filha ainda estava em casa dos meus pais, pudera com 16 anos! Meses depois comecei a trabalhar e continuei a estudar o meu primeiro ordenado foi de 22 contos e eu pagava 18 contos do colégio da míuda, está bem que os meus pais me ajudaram mas a partir daí fiz-me á vida e tive hipóteses de ser dondoca, mas primeiro está o amor próprio!

Bjs para vocês.

Esoj disse...

Sinceramente, o ideal era que tivessem muitos rendimentos e que nem ele nem ela tivessem de trabalhar. Isso é que era bom, fonix...

Horácio Lobo disse...

Boa análise dos dramas domésticos!
Depois do episódio conturbado da semana passada, eis que surgem as tréguas....matinais!

fernandinho vai ao vinho. disse...

Hostia! Esta conversa esta a fazer-me cá uma sede.
Alguém para ir a tasca de Montemor?

José Veloso disse...

tipo... levas-me ao altar otário?
Vai abraço
JV

Pedro Correia ou Poeta Acácio disse...

pois lá está... para quê tirar um curso se apenas almanjam um lugar a cuidar dos petizes e a arrumar as coisas de lá de casa... mas... porra! atão as mulheres tiverem tempos infinitos para terem um lugar de destaque na sociedade e para terem as mesmas opurtunidades que os homens, e agora enfiam-se em casa?

E depois os homens é que são machistas quando dizem que o lugar de "algumas" mulheres é em casa.

Vai lá vai!

TENHO DITO

Lelo Marmelo disse...

Ruivinha:
Prá meter a andar, uns tenis velhos chegam! PQP mais as gajas preguiçosas!

GAGGINGyou disse...

O tempo muda...a natureza humana não!

Anonimo do Algarve disse...

Mais uma vez cá estou eu a comentar o vosso post, então aqui vai:
1º Devem trabalhar os dois, para um n se rir do outro
2º Devem dividir as tarefas la em casa seja limpeza, cozinhar, jardinhar etc.
3º Essa da mulher ficar em casa a cuidar dos putos já era, agora os miudos tem infantarios p esse efeito.
4º Nem todas tem a mesma sorte de encontrar um gajo como eu faço.
Ja k faço quase tudo em casa no diz respeito "à lida da casa"

Neptu'nus disse...

oh pá eu tenho medo dessas gajas, pedem espaço aumentamos-lhe a cozinha LA VAI NOTA PRETA, OU PENSAS QUE É BARATO AUMENTAR A COZINHA, depois estão sempre a exigir merdas é o cartão dourado, é a cona depilada como a da outra e depois fartam-se de foder com o carteiro, com canalizador essas merdsa todas depois cehag um gajo cansado a casa e elas ainda nos querem foder...o juízo claro

e muitas delas têm melhor curriculo que o meu eh eh eh o que nem é nada dificil diga-se

Castronauta disse...

Nao conheço gajas destas, mas "conheço" a Gaja Boa 1 e 2 que merecem um premio na minha casa por serem democraticas entre os generos. Apareçam.

Gaja Boa 1 disse...

Gollum

ahahah Olha, gajos desses é que são "aves raras"... Venham mais desses, espertas são elas... Que arranjam um burro de carga e mainada!!!

beijos espertalhaços

Ribatejana disse...

É a primeira vez que comento..ha sempre uma primeira vez para tudo, e como em tudo..é a primeira que custa :)
Li o post e..neste momento pondero sériamente deixar o meu emprego e ficar em casa com os meus filhos (uma com 10 anos, um com 3 anos e 1 com 1 mês) e dou-te alguns motivos para o vir a fazer, na zona onde moro não encontro creche para o mais pequenino por menos de 300 euros, o do meio custa-me 250 euros, a de 10 anos entrou este ano no 2º ciclo e fica em casa sozinha 3 tardes por semana, não acontece agora porque estou de licença de maternidade, se juntarmos a isso 300 euros que pago a uma empregada mensalmente e nos meses de Julho e Dezembro os respectivos subsidios, é só fazeres as contas, são no minimo 850 euros..ah pois é...é esta a realidade de quem tem filhos e trabalha, valerá a pena ao fim do mês o salario que se ganha ?? Chegar ao fim do dia a correr e sem tempo para os escutar, para os ajudar nos TPC, para os acompanhar em vez de os despejar nos ATL e amas e afins...
Mas a questão principal que me leva a tomar esta decisão é a qualidade de vida que os meus filhos podem vir a ter ficando em casa comigo. Quando eles crescerem logo se vê se eu me arrependo...de qualquer forma prefiro arrepender-me de ter tomado esta decisão do que um dia arrepender-me de não a ter tomado.

Gaja Boa 1 disse...

fernandinho vai ao vinho

A necessidade é uma grande professora, e as pessoas quando precisam... Lá aprendem a fazer!!! ehehehe

Há muitos gajos que fazem melhor as cenas domésticas que muitas gajas!!!
Mas venha de lá o tintol, desde que seja cheio, serve!!! eheheh

beijos cheios

Gaja Boa 1 disse...

Nariz empinado

Eu acho que elas é que estão certas... Olha que não têm metade das preocupações que as outras têm...
E ainda se estão a rir...

beijos compreensivos

Schlumpy disse...

São opções... cada um toma as suas

Gaja Boa 1 disse...

dennis

Era desse tipo de gajas que o meu post falava... Ainda não as viste a queixarem-se do cansaço... Este vaquedo ainda tem o desplante de se queixarem que andam es-ta-fa-das!!! Foda-se!!

E isso revolta-me!!! porque constato que não fazem a ponta de um corno!!!!

Beijos estafados

Gaja Boa 1 disse...

Laredo

ahahah TOU CONTIGO!!!

Não quis ser tão directa, mas o teu comentário foi o complemento excelente do post!!!

Com receio de manchar a excelÊncia do teu comentário, nem a boca vou abrir... lol

beijos excelentes

Gaja Boa 1 disse...



Sim senhor, mas que bem... Claro que há de tudo, há mulheres para todos os gostos!!

E há homens para todos os gostos... hehehehe

beijos gostosos

Gaja Boa 1 disse...

Noivo

Ora nem mais, e não tem desculpas para ter a casa sempre ao teu gosto... Além do mais dispõe de muito tempo para os tratamentos de beleza bem como tempo para o ginásio... ahahha

beijos aumentados

Gaja Boa 1 disse...

tavguinu

Começa a pedir um aumento ao teu patrão, para abrires um harém de barbies... mas depois é lixado...

Onde vais arranjar tempo pa picar o ponto das barbies todas???

hahahah

beijos picados

Gaja Boa 1 disse...

Dr.Phil

Que bela forma de expores o caso... ahahhaha Eu não quis ser tão directa... O teu comentário foi o prolongamento do post!!!

ADOREI!!!

Mas tu percebes disto...

Beijos percebidos

Gaja Boa 1 disse...

Paula

Neste tipo de relacionamento, os gajos é que deitam as cartas e decidem!!! (às vezes...)

E eles têm aquele sentimento de poder...

beijos poderosos

Gaja Boa 1 disse...

Peixe

ahahahahha Pelo menos já tens o plano pensado, agora é ir à luta...

Eu candidatava-me, mas como sou um pé rapado, já estou fora do baralho...

loooollll

Toma lá com uma moeda de 2€!!!

beijos atirados

Gaja Boa 1 disse...

maragon

Obrigada pelo elogio. Carente?? Anda cá que a gente faz cafuné...

lol

beijos com festinhas

Gaja Boa 1 disse...

Ruivinha

Passaste a ser a minha heroína, quando for grande quero ser como tu...

Quatro filhos??? Há gaja valente!!!! É isso mesmo... É de mulheres assim que este país precisa!!!

beijos admirados

Gaja Boa 1 disse...

camas e algemas

Claro que muitos gajos gostam, aliás faz-lhes bem ao ego ter a gaja completamente dominada e controlada...

Sabem que não podem dar um peido fora do penico, sem que saibam logo...

beijos concordantes

Gaja Boa 1 disse...

pasteleiro noddy

Claro, democracia acima de tudo!! De hoje em dia as crianças têm muitas actividades, e no fundo, quer a mãe trabalhe ou não, o tempo que passam juntos é cada vez menor...

Agora entre o casal há que repartir as responsabilidades.

beijos responsáveis

Gaja Boa 1 disse...

NeLiNhA

Era precisamente aí que eu queria chegar... A gajas preguiçosas que se colam ao gajo pa não fazerem nenhum, usando o pretexto dos filhos...

Normalmente, quando é um gajo a fazer isso, é logo: é um chulo do caraças, não quer fazer nenhum
Mas se é a mulher: ai e tal, tá a tratar dos filhos...

Quanto à violência doméstica, é outro tema bem mais complexo...

Beijos trabalhadores

Gaja Boa 1 disse...

Nanny

Ai sim?? traz aí umas garrafitas!!! Não queres companhia??

Beijos apressados

Gaja Boa 1 disse...

Ruivinha

Foda-se!!! Só de ouvir a história já estou cansada!!

Já eras a minha heroína!! Pronto!!!

Ter independência é o melhor que há...

Beijos heróicos

Gaja Boa 1 disse...

luafeiticeira

Claro que a maioria destas gajas depois de ir pôr a criança ao colégio (tem no máximo um filho pa não dar cabo da linha) tem o dia todo pa não fazer nenhum... E claro!!! Tem tempo de sobra para calcorrer os shopings todos no engate... hahahha

beijos percorridos

Gaja Boa 1 disse...

SílviA

São as mais esperta... Olha que hão-de ter bem menos rugas!!! Afinal mesmo que tenham noites mal dormidas, têm sempre o dia todo para porem o sono em dia... E não só!!!

beijos espertos

Gaja Boa 1 disse...

MyRedShoes

ahaha Mas e ouvir estas gajas falar??? Andam sempre super cansadas... A lide doméstica é muito dura... Enfim!!! Paneleirices!!!

Há casos e casos, mas uma grande maioria.... Tsssss, valente par de cornos é no que isto acaba!!!

beijos cansados

Gaja Boa 1 disse...

Som Do Silêncio

Realmente algumas dessas gajas, são as mais desmazeladas com a imagem... Não percebo com que ocupam o tempo... Vá lá a gente perceber!!!

beijos protegidos de pragas

Gaja Boa 1 disse...

Blue Mayfly

O problema é que se a coisa dá para o torto, a gaja perde o pau e a bola!!!

Fica sem pato pa pagar as contas, e sem trabalho. Porque o mercado de trabalho não está fácil.

beijos parecidos

Gaja Boa 1 disse...

Lelo Marmelo

Vai com calma, há casos e casos. Aliás há casos em que se justifica um ficar em casa e tomar conta dos putos. MAs ficando em casa, as merdas têm que ter nexo!!

Não é ficar em casa a tomar conta dos filhos, mas os filhos continuam na creche e nos ATL's...

Eu também penso como tu, gosto de trabalhar pa poder comprar as "minhas cenas" sem ter ninguém a melgar... Mesmo que seja só estourar dinheiro!!! Mas não há ninguém a atirar à cara, porque afinal o dinheiro é fruto do meu trabalho e faço dele o que me der na real gana...

beijos dispendiosos

Gaja Boa 1 disse...

Lelo Marmelo

ahahah E mainada!! E não se pode queixar de dores de cabeça e do cansaço!!! ahaha

A ruivinha é deveras uma mulher guerreira, pena não ser gajo, senão pedia-a já em casamento!!!

beijos pedidos

Gaja Boa 1 disse...

antonio

Não são burrices, são distraçoes!!!

eheheh

beijos distraídos

Gaja Boa 1 disse...

Vânia

Muitas não se importam com esse acessório, diga-se "par de cornos"... Desde que os otários continuem a patrocinar os spa's, os tratamentos, os lifting, os peeling, as plásticas, o belo carro, as roupas de marcas, os restaurantes de luxo, as férias de sonho...

Serão burras, ou óptimas gestoras??

beijos geridos

Gaja Boa 1 disse...

rochitos

Sabes porque andam deprimidas?? Porque ainda não arranjaram foda para tanto tempo livre...

beijos nada deprimidos

Gaja Boa 1 disse...

Laredo

Ows gajos que se colam a mulheres, são bem mais frequentes do que a gente pensa, normalmente são mais disfarçadas porque a própria mulher camufla que o gajo dela é um emblastro preguiçoso, normalmente só se sabe disto após a ruptura...

beijos disfarçados

Gaja Boa 1 disse...

Vício

Já mandei mail para as gajas, serás contactado esta semana para limpeza geral do teu estaminé....
eheheh

beijos contactados

Gaja Boa 1 disse...

ruivinha

Já tens aqui uma carrada de fãs, e estamos todos À espera que venhas cá dar umas aulinhas, para se gerir assim o tempo... Eu pelo menos precisava de umas aulas de gestão de tempo!!! ehehehe

beijos geridos

Gaja Boa 1 disse...

Esoj

Foda-se!! Tiraste-me o pensamento... Bom, bom, bom mesmo, era ganhar o euromilhões, e não precisar de trabalhar... Mas eu ía continuar a trabalhar, nem que fosse para me sentir útil à sociedade...

beijos úteis

Gaja Boa 1 disse...

Horácio Lobo

Tréguas matinais??? looool

OS dramas domésticos têm muito que se lhe diga!!!

beijos dramáticos

Gaja Boa 1 disse...

fernandinho vai ao vinho

Bamos lá, mas olha que a gente aqui no estaminé temos boa pinga... Não queres provar?

beijos pingados

Gaja Boa 1 disse...

José Veloso

É mesmo isso, e eles que se julgam tão espertalhaços, caem que nem patinhos...

beijos espertos

Gaja Boa 1 disse...

Pedro Correia ou Poeta Acácio

Não, não!!! O lugar de muitas gajas é mesmo em casa e de boca calada... Assim como o lugar de muitos gajos é mesmo na pocilga ao lado dos seus congéneres.
Há sempre gente para tudo...Certo?

ahhahaha

beijos poéticos

Gaja Boa 1 disse...

Lelo Marmelo

PQP gajas e gajos preguiçosos!!!
Haja democracia... lol

beijos democráticos

Gaja Boa 1 disse...

GAGGINGyou

Agora disseste tudo!! Há merdas que nunca mudarão!!! Infelizmente...

beijos mudados

Gaja Boa 1 disse...

Anonimo do Algarve

Tu não digas isso muitas vezes, senão começam a chover no teu quintal montes de pedidos de casamento e depois quero ver...

beijos chovidos

Gaja Boa 1 disse...

Neptu'nus

ahahha Gostei do teu ponto de vista!!!

Nada como uma abordagem humorística da cena... ahahhaha

beijos ampliados

Gaja Boa 1 disse...

Castronauta

Obrigada pela destinção! Tentamos ser democráticas, nem sempre é fácil e nem sempre se consegue... Mas tenta-se!!!

beijos democráticos

Gaja Boa 1 disse...

Ribatejana

São opções, agora imagina deixas de trabalhar, mas as crianças continuavam no ATL (ai e tal, porque lhes faz bem)... O que fazia isso de ti??

Há casos e casos, e normalmente as que fazem isto só têm um filho e mesmo assim andam super cansaaaaaadas....

beijos de força

Pong disse...

Não gosto do número 99, por isso toma lá o comentário 100.

Gaja Boa 1 disse...

Schlumpy

Claro, nem podia ser de outra forma numa sociedade democrática. Agora também temos o direito à nossa opinião, que é isso que estamos aqui todos a fazer.

beijos democráticos

Gaja Boa 1 disse...

Pong

E onde tá ele???

beijos desaparecidos

maragon disse...

Gaja Boa 1 disse...

maragon

Obrigada pelo elogio. Carente?? Anda cá que a gente faz cafuné...

lol

beijos com festinhas

Gaja Boa 1
Obrigado pelos beijos com festinhas, reduz a carência.
Mas estou a 7.000 km da santa terrinha e o cafuné esfriava.

Beijos com menos um pouquinho de carência.

Francis disse...

epá cada um faz o que quer, e leva com o que quer.
há mulheres que têm esse sonho, de ser donas de casa, eu conheço, e pensando bem até é agradavel, um gajo chega a casa tudo pronto, tudo limpinho e tal e coiso...não ?

PEIXE disse...

Darling..
se fores mesmo boa e morares em ermesinde....ok não és rica mas olha não me importo de comer farinha de pau (yuuckkk) todos os dias, já preenches um requesito (se morares em ermesinde).
Quanto ao resto tenho de comprovar "in loco".....

Já ganhei 2 €.....já dá para comprar pão, isto é um bom começo....lolll

Beijos retribuidos

(Ruivinha diz me o que é que andas a tomar, para fazer isso tudo.)

Laredo disse...

Em casos como o da Ribatejana, pode muito bem compensar deixar de trabalhar e ficar em casa, desde que isso permita poupar os tais 850, e se o acompanhamento dado aos miúdos substituir com eficácia o ATL, a cresce e a empregada, pois...
Conheci um caso em que, com apenas 2 filhos, justificou-se o abandono temporário do emprego, face ao que a mãe ganhava.
Por aí, ela não iria correr o risco de ser convidada a integrar o clube das mandrionas-que-a-sabem-toda.
E concordo igualmente que mais vale arrepender-se depois por tê-lo feito, do que por não ter.

Crestfallen disse...

Não te admires, o facto de um homem se conformar com a situação é porque uma mulher dependente é controlável, se não pela força, pela carteira.

A mim não surpreende, visto que vivo numa sociedade onde o conforto se sobrepõe ao amor. Uma sociedade onde existe uma diferença média de 10 anos entre os elementos dos casais.

Ele tem a vida estável, ela fica livre todo o dia a gastar dinheiro e passear com as amigas. Filhos e casa? É para isso que existem os/as AuPairs.

Isabella disse...

Sou nova por estas bandas, o meu blog é fresquinho...gostei do post, há muita gaja que estuda pa depois ficar em casa a cuidar das unhas...E dizem-se independentes...
bah...

beijinhos

Tó do Samouco disse...

As minhas preferidas são as mulheres dos jogadores da bola... por exemplo a namorada do Miguel Veloso afirmou que deixou de estudar para acompanhar a carreira do namorado!!! A carreira... e a carteira.

Tó do Samouco

www.samoucoaorubro.blogspot.com

Pedro Correia ou Poeta Acácio disse...

cara miúda gostosa 1 de 2:
Lá está... vendo bem as coisas por esse prisma...

TENHO DITO

tecnica de hardware disse...

Cada um faz upgrades como pode: à sua custa, à custa do gajo, à custa da gaja, à custa do patrão...eu sei lá! Quanto aos gajos que se enfiam economicamente nas gajas e que não são tão poucos assim, tenho a dizer que prefiro ser dona do meu estaminé cheio de chaços pa compor do que chegar a casa do trabalho e ter um tipo espapaçado no sofá, cheio de habilitações e diplomas, inginheiro desempregado, que não vai para caixa de supermercado porque não estudou para isso! Como se neste país fosse fácil arranjar emprego aos 40 anos! Também acho que o álcool é fixe e baril e dá para afogar muitas mágoas, mas sem subsídio de desemprego porque o sinhor inginheiro espatifou o carro do patrão ao volante de umas vodkas bem aviadas, não tá com nada! A modos que chulos há muitos e com qualidade!Machos....muito machos...Este, por via das dúvidas, está na prisa, que eu sou gaja, mas ainda os tenho no sítio.
Força no hardware e ternura no software!!

Anónimo disse...

que merda de mentalidades que nunca mais mudam...porra! não sei quem tem mais culpa,se os homens se as mulheres que se deixam continuar por comodismo a alimentar este machismo nojento e prepotente...bah! que nojo!

fernandinho vai ao vinho. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
fernandinho vai ao vinho. disse...

En la llengua de mi terra, la segunda llengua de Portugal, lhes lhamamos “l` abó de las calças e
l` abó de las saias”.

Pos benga que ya tengo saudades dun copito de l` bino de mi terrica. Biba la terra de miranda y su bino y l` presunto de lo cuchino.

Ate tenemos un libro d`Asterix. Asterix no ye Gaules, mas si Mirandes.
http://www.bragancanet.pt/sendim/htm/asterix_mirandes.htm

Vício disse...

atão!! demora muito?
tenho aqui um canto tão sujo...

Gaja Boa 1 disse...

maragon

Pronto, vai uns cafunés virtuais!!!! lol

beijos virtuais

Gaja Boa 1 disse...

Francis

Realmente, chegar a casa e ter tudo prontinho... Vai lá vai!! É porreiro... Mas o meu ordenado ainda não me permite tais confortos... ehehhe

beijos confortáveis

Gaja Boa 1 disse...

Peixe

ohhhhhh, Falamos daqui a nada!! Vou mudar a residência para Ermesinde!!!
ehehhehe

beijos residentes

Gaja Boa 1 disse...

Laredo

Claro que há situações e situações!!! Mas acho que em casais em que a esposa é licenciada e só têm um rebento... E ainda por cima o rebento passa o dia no infantário...

Ou sou eu que sou fria e cruel????

beijos quentes

Gaja Boa 1 disse...

Crestfallen

Cada cabeça sua sentença... Há pessoas que não se importam em serem dependentes de outra pessoa, há pessoas que procuram uma pessoa que possa depender deles para tudo... Assim junta-se a fome à vontade de comer...

beijos sentenciados

Gaja Boa 1 disse...

Isabella

Pelo menos não dependem de nenhuma entidade patronal... ahahha ups!! tirando a do marido!!! ahhahaha

Pronto, não resisti a mandar umas bocas!!!

beijos resistentes

Gaja Boa 1 disse...

Tó do Samouco

ahahah Pois não, chama-lhe burra, assim tem sempre o investimento debaixo de olho...!!! Ainda lho desviavam e lá se ía a boa via... hahahah

beijos investidos

Gaja Boa 1 disse...

Pedro Correia ou Poeta Acácio

Não te acontece quando olhas para certas pessoas e ficas a pensar se essa personagem existirá mesmo??

beijos personificados

EXCITAÇÕES disse...

Adorei o título, muito mordaz e cínico, mas também muito certeiro!
O humor quando bem dirigido, é mais eficaz do que muitos tratados bem falantes...

beijinhos em sintonia

Diabba disse...

A questão é simples:

Gajas, gostavam de ter um chulo a viver à vossa custa? Não?

Então não chulem!

beijo d'enxofre

Gaja Boa 1 disse...

tecnica de hardware

Os meus upgrades andam muito fraquinhos... Mas prefiro assim, pobrezinhos mas arranjadinhos e à minha custa!!!

Beijos arranjados

Gaja Boa 1 disse...

Anónimo

Eu acho que convivem numa simbiose. Um precisa do outro e não existe sem o outro.
Uma parte quer o conforto, e o outro o controlo... Não achas?

beijos confortáveis

Gaja Boa 1 disse...

fernandinho vai ao vinho

Trás-os-Montes é uma terra que inspira muita coisa, e então o bom vinho... upa upa... vai lá vai, que até a barraca abana...

beijos inspirados

Gaja Boa 1 disse...

Vício

Ainda não chegaram?? Aposto que vão começar por te cravarem um relógio xpto!!! Estas gajas não dão ponto sem nó!!!

beijos pontuais

Gaja Boa 1 disse...

Excitações

Como sou uma crítica do caraças, não me cálo!!! Depois dá nisto... bota a criticar a malta... lol

beijos críticos

Gaja Boa 1 disse...

Diabba

Hum.... Se fosse um Brad com a força de um touro, e com umas mãos de fada... Olha que era capaz de fechar os olhos durante umas semanas... Pelo menos pas massagens tailandesas... ahahhaha

beijos massageados

H disse...

@Gaja Boa 2 - fiquei a aguardar as chibatadas!! Obrigado pela visita!
PS - aquele texto, vem na sequência dos de quinta (Momento Cosmopolitan, Versão Maria)

zé (do beco) disse...

Foda-se! Casar como uma gaja assim, mais vale ficar solteiro e ir às putas. Sai mais barato (às vezes…) e vai-se mudando de gaja. Depois uma gaja um dia inteiro em casa, de robe e a ler revistas cor-de-rosa, deve chegar à noite com a "crica" cheia de bolor. Sim, que aquilo com a humidade, se não for "vasculhado" e arejado, começa a cheirar a mofo. Algumas dessas gajas podiam dedicar-se a cultivar cogumelos nos "entrefolhos" (eheheh). Devia sair uma boa merda. Cogumelos com "aroma de cona…

Ruivinha disse...

Para o peixe e não só:
Eu durmo em média 5 a 6h por noite, tendo em conta que o dia tem 24h, fico 18 horas acordada, o meu trabalho ocupa-me 7 horas diárias das 9.30h às 16.30H,(Já estão a fazer contas? Trabalho em jornada continua, não tenho hora de almoço.É! é isso mesmo sou funcionária Pública) Fico com 11 horas livres que me dá para fazer tudo e mais alguma coisa! Isto com a ajuda de 6 cafés e 1 maço de tabaco.
Beijos esclarecedores.

LDS disse...

Acho que é uma troca justa. Ele paga as contas, ela aguenta com as secas de casa.
Quando ele se fartar dela, usa o mesmo dinheiro que lhe dá e vai às "meninas". Ela arranja um amante que vai a casa a meio do dia entretê-la lá a casa. O canalizador, ou o homem do gás.
Vivem ambos na ignorância, bebem uns whiskies, e vão para a cama dormir.
Amanhã será outro dia ....

Típico.

Neptu'nus disse...

oh p
á não tem nada de humor...é o ponto de vista dos gajos...eu como sou meio gajo meio gaja, pela falta dos semtimetros, penso desta maneira hihihi

Gaja Boa 1 disse...

H

Vou já chamar a boazona2 para te chibarar.. lol

beijos chibatados

Gaja Boa 1 disse...

zé (do beco)

Era sempre uma oportunidade destas gajas fazerem pela vida... Venda por catálogo de cogumelos com sabor a cona... ahahha

beijos aromáticos

Gaja Boa 1 disse...

Ruivinha

Continuas a ser a heroína, o meu dia tens as mesmas horas que o teu... E mesmo assim, não tinha tanto speed!!!

Beijos spidados

Gaja Boa 1 disse...

LDS

Há muita gente feliz na ignorância, se calhar é esse o segredo da felicidade... Quiçá!!!

Beijos felizes

Gaja Boa 1 disse...

Neptu'nus

Meio gaja meio gajo?? E como é que a gaja que vive em ti, se entende com o gajo que vive em ti???
eheheh

beijos questionados

Neptu'nus disse...

eh pá fartam-se de foder...nem imaginas, além de que me fodem o descanso os caralhos dos ninfomaniacos eh eh eh

Gaja Boa 1 disse...

Neptu'nus

Pois, já tou a imaginar, devem passar o dia todo no refustedo esses malucos... ahhaha

beijos malucos

Desmoralizado disse...

Eu cá gosto delas com cabeça, tronco e membros, dinâmicas, com objectivos, etc e tal.
Nunca me juntaria a uma enjoada encostada ao nada.

Gaja Boa 1 disse...

Desmoralizado

Mas olha que há muitos gajos que as preferem apagadas e dominadas e controladas!!!!

Assim não lhes fazem sombra... eheheheh

beijos sombrios

Anónimo disse...

Mais um comentário de quem pouco sabe da vida. As esposas de engenheiro são donas de casa porque muitas vezes não são 500 euros que fazem a diferença (ou achas que por se ser licenciada se ganha muito?) e quando se tem filhos, mais vale dar-lhes uma boa educação e estar presente do que se ser uma mãe ausente, que estoira metade do diheiro na estrada e em portagens, que quase não vê os filhos o dia inteiro... quando um dos elementos do casal ganha MUITO bem, qual é o sentido disto? o mesmo se aplivca ao oposto. Não tenho problema nenhum em bancar um dono de casa se eu ganhar 5000 euros por mês! Qual é o problema? nos países desenvolvidos há imensa mulher a largar a carreira para ser mãe a tempo inteiro. Achas que a realização de alguém só passa pelo trabalho? A maior parte das pessoas nem gosta do que faz! trabalhar no que se gosta é um luxo e ganhar bem é outro ainda maior. Quanto preonceito e feminismo atrasado.

Gaja Boa 1 disse...

Anónimo

Mas uma vez, e eu tive o cuidado de ressalvar certas situações no final, deturparam a mensagem deste post...

A minha mãe sempre trabalhou e eu nunca achei que era uma mãe ausente...

Quanto aos países desenvolvidos, mas vale nem entrar por aí.. Porque jamais nos poderemos comparar, infelizmente para nós todos!!!

Se eu não tenho experiência de vida, não percebo porque perdes tempo a ler o MEU blog, e o que EU escrevo!!!
Porque, e como sabes, eu com malta mais burra que eu, não aprendo nada!!! Para a próxima evita perder tempo a responder aos MEUS posts!!!!

marinazita disse...

estou aqui pela primeira vez e, desde já, parabéns pelo blog, achei-o interessantíssimo, principalmente este post.
concordo plenamente com o que la esta escrito. há realmente mulheres que não dão valor a tantos anos de luta pela a emancipação da mulher. Muitas, pelas atitudes que têm, nesta altura nem votar podíamos ainda!!! mas enfim há raparigas que gostam de ser assim e homens que as aceitam! Dos dois, qual o mais triste?
A meu ver é mm a mulher que não se dá ao respeito, já o homem apesar de pagar as contas também se aproveita da situação de ter tudo ao seu dispor. pelo menos nestes casais não pode haver discussão à cerca da divisão de tarefas já que elas, à partida, estão bem definidas.
mas os homens que não pensem que são enganados quando casam com uma mulher assim.
elas conhecem-se de ginjeira mm de solteiras. são sempre aquelas que nunca souberam o que é trabalhar a serio, dizem que trabalhar so se for em algo que lhes de estatuto, tiram um curso para dizer que são inteligentes mas nunca lá põe os pés a não ser para as noitadas ou para os exames e passam à rasquinha dizendo "fogo era mm difícil", quando em vez de estudar foram para o shopping ver a nova colecção outono/inverno.
enfim...estou sem palavras.
é mm como esta dito nos post, "Este tipo de gajas bem podiam ser todas umas barbies" mas se formos a ver são as que se desleixam e se queixam de depressão. ide trabalhar!!!

Gaja Boa 1 disse...

marinazita

Tens toda a raz�o! Eu quando ando a dormir 3 horas por dia durante 2 semanas, come�o a achar que tamb�m devia arranjar um gajo pa me pagar as contas e eu andar a laurear a pevide...

Mas, adoro a minha independ�ncia, por mais parca que seja!!! O meu orgulho n�o me permitiria...

beijos independentes

Anónimo disse...

But, with the most recent turn of events, the i - Phone
5 has made a landmark in the smartphone industry. Its screen is also a little
bit larger than the HTC One's (they're about equally sharp),
it has a micro - SD slot for expandable memory, and it'll be available on Verizon -- the HTC One will not. Odin is thought to be preparing to roll into the market with the new Android 4.

Also visit my website ... samsung s4

Anónimo disse...

The Chromebook obviously still requires these updates but they are managed in a very different way.

5 hour battery life you aren't going to find anything that lasts longer on one charge and is still able to offer a full range of applications and net connectivity. While the Inspiron and Samsung both offer the new i3 processor, the Acer AS5253 comes with a quick AMD-E series 2.

My web site: samsung chromebook

Anónimo disse...

Unfortunately these more compact designs have come at a great
cost and have become far more susceptible to any
kind of a liquid spillage. In mid-2009 the third generation landed and it was more than a year later, in October 2010,
that we were treated to the new super-skinny design ' a design that was once again revamped in July 2011. Later on you will be surprised that there is a tiny scratch on your phone's screen.



my web-site macbook air

Anónimo disse...

You will need the best of the best, sounds and
samples that is, and you will also need to continually expand upon your sound
library. They have shallow feedback and require moderate force to activate which can be really much more
comfortable. Component Prices Are Falling: Unfortunately,
computers aren't priced based on the current market.

my website: macbook pro

Anónimo disse...

There is some great anti-virus and security software for Android and many address the two issues in one.
Irrespective of class and standard, this most significant communication tool is now important for all as we
need food, water, shelter etc. The design of the phone with slightly round
configuration makes it common to the looks of the Samsung Galaxy
Nexus.

Here is my web-site :: samsung galaxy s3

Anónimo disse...

And powering its various affairs will be the dual core Nvidia Tegra 2.

The Nexus S, however, has flash while some variants, such as the
Samsung Vibrant and Captivate, of the Samsung Galaxy S do not.
1 is also known as Tab 750 and expected to be priced at Rs.


my web page ... galaxy tab

Anónimo disse...

) However, by the same token, the bigger the scope, the harder it is to haul it around and set it up.

But it is hard to hold it in one hand especially to female users.
However, it does not really have to be that way anymore.


Feel free to surf to my web site; samsung galaxy note

Anónimo disse...

Section 1 - Choosing the Monochrome picture Control Section 2
- Modifying the Monochrome Picture Control. All in all this is a
great digital camera to have if you're looking to take high speed quality pictures or movies. But there are only a few that put out top quality cameras.

my weblog - canon 6d

Anónimo disse...

It's a very interesting concept where you have to balance objects perfectly on the field which are provided to you. In contrast, the 5DIII exhibits no loss of fine detail at ISO 6400. When High-pace mode is engaged, a smaller yellow LED lighting up (you are going to even be alerted to the display).

My homepage: canon 5d mark iii