23 novembro 2007

Donas de casa desinspiradas

No seguimento do meu último post, surgiu mais uma das minhas pequenas observações!!! Vá, ok!!! Já tinha pensado nesta merda, mas ainda não tinha surgido uma oportunidade para falar no assunto...

Como trintona que sou, a grande maioria dos meus amigos/as pertencem a esta faixa etária (novidade do caralho!). E o que acontece com a grande maioria dos trintões???? Heinhe??? Vá.... Puxem pela cabeça... Sim, sim!!! Estão casados e com filhos, alguns deles (malta
corajosa!) já vai no 2º rebento!!!

Quando se marcam lanches, jantares ou convívios afins, lá vai a malta toda... Restando apenas eu e pouco mais que tal (malta valente e corajosa!) que continuam solteirinhos da silva. Não se deixando render pelos encantos da vida de casados, ou pura e simplesmente porque ainda não encontraram alguém a jeito...

Como é sabido, nestes jantares formam-se dois grupos, gajos pa um lado a falar da bola, carros e claro... de gajas!!! Elas, as gajas pa outro a falarem de merdas domésticas e tal e coisa... Ora eu como gaja que sou, mal parece que mande as gajas pó caralho mais velho (vontade não me falta às vezes, e vocês já vão perceber porquê) e claro... lá gramo eu a pastilha, como gaja aparentemente civilizada que sou, a vou-as aturando...

Após várias saídas, constatei, para minha desgraça, que as gajas casadas e com filhos não conseguem manter uma conversa trivial e civilizada!!! Limitando-se única e exclusivamente a falar dos filhos... (deve ser um bug no processador das gajas que é activado quando estão a parir ou o caralho. ahahah pronto, já cá faltava a minha boca foleira!)

Tudo bem, as crianças são pequeninas, são engraçadas, são giras, etc, etc, eu admito... Mas, foda-se!!! Passar 4 horas a falar delas??? Puta que pariu, que praxe do caralho!!!! Antes de haver rebento, era a falar nas maravilhas do marido e do quão maravilhoso ele era, entretanto nascem os filhos... e o marido é atirado para as urtigas, e engavetado no esquecimento e os filhos tomam o papel principal.

É que nem se apercebem o quanto são inconvenientes, e lá as vejo eu, quase que à bulha a tentarem falar todas ao mesmo tempo, a ver qual a que conta mais baboseiras, mais parecendo um bando de galináceas e ainda por cima chocas!!!
  • O meu pikeno no outro dia mandou um arroto, quase que estremeceu o prédio todo, haviam de ter ouvido... (mas que bem...)
  • O meu já diz "bá", significa água... (hã? uau... vai ser astronauta)
  • E a minha?? Já mexe no comando da televisão... (futuro Bill Gates)
  • Ai a minha, atirou-me com o telemóvel à testa, que engraçada que ela é... (uau... vai ser sobredotada concerteza!)
  • A minha noutro dia vomitou-me a papa toda em cima, que gira que ela é... Ó gaja boa 1, havias de ter lá estado para veres o que é ter filhos... (Ok!!! Se a vontade até agora era escassa, com este cenário então fico desertinha para ter uma ninhada...)
  • Olha, olha, a minha pequerrucha noutro dia, com uma diarreia tão grande, olhai... borrou-se toda e sujou-me a casa toda... Fui dar com ela a passar a mão e a comer... (estava eu a tentar comer a sobremesa...!!!! Que conveniente!!! A educação no seu melhor!!!)
OK!!! FODA-SE!!!! É normal falar-se nos filhos e nas suas peripécias, mas não conseguir manter outro tipo de conversa??? É muito triste. Pó raio que as parta!! E como podem ver as conversas são muuuito construtivas... Claro que tenho algumas amigas que não têm nada a ver com este tipo de gajas, são pessoas que falam de tudo e claro inclusivé dos filhos, mas não me massacram horas a fio com a mesma conversa!!! Aliás, nestas conversas apercebem-se das figurinhas das outras e da tortura das solteiras e ainda tentam mudar o rumo da conversa, mas tá quieto...

Cheguei à puta da conclusão, que este tipo de gajas não consegue falar de mais nada, e quem não alinhar é que é anormal!!! Nesta merda há que fazer justiça, os gajos são muito superiores, e raramente monopolizam a conversa com os amigos acerca dos assuntos domésticos e das habilidades dos rebentos.

Portanto, meus amigos, quando virem um grupo de amigos numa jantarada, e virem lá no meio dos gajos uma maluquinha a falar da transferência dos jogardores "Zé Marreco" e "Marreta da Silva" para o clube "Pernetas das Esquina", essa gaja sou EU!!! Porque com esta conversa, além de ser muuuuito mais saudável, aprende-se muito mais com ela!!! Tenho dito!!!

Nota: Claro que vou ser crucificada e massacrada pelas gajas, mas sabem que mais??? Que sa foda!! Massacre por massacre... Que venha a gasolina, que sou eu a ajudar com o isqueiro!!!

119 comentários:

Esoj disse...

(boa, hoje vou ser o 1º a comentar)
Mulheres casadas? Foda-se! Falava com uma todos os dias e sei bem como era.

Pedro disse...

Pois, é de tal maneira que um gajo para se distrair vêm para aqui lêr blogues!
Por isso é que elas deviam ser formatadas uma vez por ano!
E todos os + ou - 7 anos levavam uma actualização de hardware!
LOL

flankus disse...

Pois é...estão no meu blog com um link façam o mesmo no vosso...vamos trocando conversas e experiências...beijos e abraços...

zé (do beco) disse...

Com duas ervilhas (pequeninas) no lugar de cérebro, de que é que "elas" haviam de falar? (eheheh agora que leva sou eu).
Tem calma. Temos de ser complacentes com os mais fracos (eheheh).

Diabba disse...

Eu já te contei a última da diabbita-minorca?? Não?? ahhhh ela é tão gira, faz tantas gracinhas e tal...

hihihihihi como eu te compreendo, pior, uma diabba tem uma diabbita e a malta pensa que tenho obrigação de falar dela, incentivam "e então a X quando é que começou a falar? e os dentes?"

hellooo... eu só gosto de uma criança, a minha!! quero lá saber das histórias dos outros pirralhos chatos e mal educados! grunfff

beijos enxofrados

tavguinu disse...

"E o que acontece com a grande maioria dos trintões???? Heinhe??? Vá.... Puxem pela cabeça... Sim, sim!!! Estão casados e com filhos, alguns deles (malta corajosa!) já vai no 2º rebento!!!"

bolas, eu só conheço divorciados, mas devo viver noutro mundo !

quanto ao massacre já viste se te acontecer o mesmo...

beijos futebolisticos...

fernandinho vai ao vinho. disse...

Quando me aparece um grupo desses pimpões, com fotografias e filmes de férias, mais o primeiro dentinho do catraio, só me apetece chamar o gaiteiro da minha aldeia, para que toque bem alto o “Billano de Zamora” ou o “Pingacho”.

Saúde, um copo de 5 e salada de polvo.

Vânia disse...

Não sei porquê... mas de repente tive a sensação de que o texto foi escrito por mim... é que eu também sou gaja mais de transferências de Zés-Marretas ou do último chip de rendimento daquele modelo novo da marca X ou Y...
E não há paciência para aturar conversas de mulher..... (Apesar de eu ser uma delas... Hehehe)
Gaja podres de boa 1, trás lá o isqueiro... eu patrocino a gasolina!

Dr.Phil disse...

Quando não há nada acrescentar, só resta dizer: Amen!

Tony Soprano disse...

No meu círculo ainda não se fala de putos, mas as cenas do casamento, e o trabalho que dá e as dores de cabeça, e o vestido que não serve... aaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh


Get a life...

Ter filhos é bom e natural... Afinal andamos cá é para isso, mas realmente há mais do que falar...

E não consigo perceber como se pode ter um tal orgulho desmesurado nos arrotos do meu filinho...

Era borrar-lhe a cara de merda e mandá-los ao rio...

Laredo disse...

Epá...mas essas conversas do alho são mesmo o que se pode esperar, é o equivalente do "tá um lindo dia não está? Já não se fazem invernos como antigamente, no tempo dos nossos avós é que era, chuva sem parar de Outubro a Março..."

Então, mas o que é que se pode esperar? Nessa fase da vida delas, o que é que elas têm de actividades lúdicas em comum?
Os putos, tá claro! O que é que lhes ocupa a maior parte do tempo livre, lhes rouba o tempo útil de sono (não deve ser a queca de certeza), lhes trás alegrias, tristezas, ansiedade, esperança, rebéubéus ao cesto e etc?

São as criancinhas, tá claro, e já que é a unica coisa que o grupo das mamãs tem eventualmente em comum, há que explorar o tema até ao osso...até à medula, perdão...

E como é sabido os machos têm muito mais pontos de interesse, hobbis, e merdas a que se dedicam, por norma do que as mulheres. Donde que também têm muito mais de que falar.

Os filhos, no que respeita a aglutinar mulheres, funciona melhor que o cimento para agarrar tijolos!

O azar, é ser uma seca do car....

Tragam lá a gasosa e o faíscas, que eu vou arranjar um pneu velho de tractor pra fazer um colar.

Ruivinha disse...

Ter filhos é bom, por isso tenho 4! Mas desculpa lá, levar com os filhos dos outros num jantar de trintões??? O que se passa com os teus amigos? Nunca separem os gajos das gajas num jantar! E se isso acontecer leva um saco com milho! Sim! As galinhas gostam e enquanto elas comem balda-te para o lado dos machos, até porque as conversas deles nesses inventos são sempre mais interessantes.

kumkaneco disse...

Hihihi... Já tinha saudades de á vir!

Olha, a propósito de mulheres casadas, pah.
Tenho andado agora com uma aí à cerca de mês e meio e não vejo nada disso.
É claro que ela ainda não tem filhos, deve ser por isso.... se bem que eu trato disso todos os dias... hehehe

Boas

Francis disse...

eu só consigo rir...está lá tudo. que grandes secas que se apanham.

João M. R. Alves disse...

Dasssss, se todos pensassem assim isto estava ainda mais fudido...senão vejamos....
a Ideia de virmos ao mundo é para procriarmos de deixarmos descendentes, tá bem que a boa vida é bom e recomenda-se, mas é chegada a uma altura que todos temos que assentar e constituír familia...é certo que os filhos são " a pain in the ass", mas são tambem a melhor coisa que existe, dão-nos a força para lutar dia-a-dia. Gaja boa1 vai te preparando, que quando fores mãe, e espero que sejas um dia, vais ver o que é bom pra tosse, heheheh, até lá diverte-te o mais que puderes, muito beijo na boca e stock de bejecas no frio...
Um beijo de quem é casado vai fazer 10 anos daqui a 15 dias...

Tipp disse...

Prontos,

Então cá vou eu a começar o desancanço, com jeitinho porque acho que não tens culpa e no fundo como és uma Gajapodredeboa, estás perdoada.
Eu também detestava putos, eram todos ranhosos, babosos, nunca estavam quietos e acima de tudo, mal educados. Eu não queria ter filhos, só que depois de anos de pressão da respectiva e da família, lá me resignei. Mas como o que faço, gosto de fazer bem. Dei por mim, e ainda a criança estava em projecto, a ler os manuais de como cuidar da criança (como quem lê o manual de instruções de um equipamento novo).
A respectiva engravida e eu já em stress, se a criança está bem, a mãe enjoada, os desejos, a falta de sexo, … enfim só coisas boas.
E andei em stress até ver a criança. Se estava tudo bem? Se tinha feito um bom acabamento?,…
Os primeiros tempos era até eu que lhe mudava a fralda, e a adormecia, … dividíamos as tarefas. Já nem me lembrava da falta de sexo, o stress era tanto.
Mas, aos poucos fui desenvolvendo um amor por aquela coisinha, que agora, até tenho que andar sempre a controlar-me para não a encher de mimos. É um amor de uma dimensão tal ao ponto de abdicarmos de parte das nossas vidas em favor daquelas coisinhas (e felizes da vida). Sentimo-nos recompensados pelas noites em claro e todas as preocupações, e problemas, só por aquele “arroto”. É um Amor tão forte e tão puro que fazemos qualquer coisa por aquela criança, acho que é uma sorte poder sentir um amor assim, activa tudo de bom que há em nós, dá nos vida, muda a nossa visão do Mundo. Deixamos de ser as coisas mais importantes para serem elas.
Isto só é valido para quem se dedica, quem nunca, provou o vomitado, ou sujou os dedos no cocó, provavelmente nem toma conhecimento desta dimensão.
Que outro tipo de conversa querias sé não das coisas mais importantes do Mundo, as crianças, qualquer outra conversa é de infelizes, que não sabem, ainda, desta realidade. Comparado com crianças tudo o resto é fútil e pueril, e ninguém consegue evitar falar delas, na nossa cabeça só estão aquelas coisinhas.
Consegue-se detectar facilmente quem adora os seus pequenos, basta perguntar por eles e olhar para os olhos dessa pessoa, é instantâneo o brilho da felicidade, ou não.
Claro está que não quero ter outra criança, já sei o que é bom, mesmo bom, adoro, mas no fundo também estou feliz assim.

Vai resistindo ao relógio biológico, e continua assim, porque se fraquejas, estás lixada, não tens sossego enquanto não conseguires uma só para ti. E mantém-te afastada dos sobrinhos, foram eles a principal razão da minha capitulação, mas ainda bem que perdi.

Bjs

Nariz empinado disse...

Eu sabia que havia uma boa razão para ainda estar solteira! É para ñ ficar como essas ladies obcecadas por vfilhos;).

Bjinhos

Capitão Merda disse...

E por que diabo não te juntas aos homens?!
Exceptuando aqueles que falam de automóveis, que são chatos e ocos até mais não!

tecnica de hardware disse...

ó gaja boa, como te compreendo! Toda a vida me entendi melhor com gajos por falta de pachorra para aturar esse tipo de conversas e repara: sou mãe avulsa, tenho dois teens e tenho mais que fazer do que ocupar o meu lazer a ganhar o prémio se supermom! Saio sozinha e divirto-me. Outras vezes, nem por isso! mas não me entendo com essas temáticas. Gosto de futebol, de carros, de BTT, de informática, de bodyboard, não me falta que assuntar! Ou bem que o gajedo sai para curtir ou é melhor mudar de amigos. Moçoila, se precisares de uma visita de estudo acompanhada por uma ganda maluca maria-rapaz e tudo, buga! Dispõe!
veijos na voca!

Isabella disse...

É por estas e por outras que eu prefiro juntar-me aos gajos nas conversas!! São menos conflituosos e muito mais descontraídos!!
É só asneira, mas o tempo livre é pa isso mesmo! Para falar de tudo menos do dia-a-dia!!

Beijinhus e abreices

2 idiotas super hiper ri fixes disse...

Pelo stress que sinto neste post, raiva contida, fúria mesmo!, da próxima vez não vaias ao jantar de trintões casados. Escolhe um grupo de trintões divertidos, porque por aí é o que mais há.

Bjs desfraldados, eheheheh
Borboleta Azul

Vitor disse...

Um texto ao teu nível como sempre, o que até poderia fazer-me pensar que gostava de ser teu amigo...

Mas uma dúvida me assaltou!
"Restando apenas eu e pouco mais que tal (malta valente e corajosa!) que continuam solteirinhos da silva. Não se deixando render pelos encantos da vida de casados, ou pura e simplesmente porque ainda não encontraram alguém a jeito..."

Em qual dos grupos te incluis?
No dos que não se rendem, ou dos que SÓ não apanharam ninguém a jeito!

o segredo da lua disse...

Estou totalmente de acordo contigo, e espero que quando tivermos filhos nao acabemos por ficar assim tambem!

bjinhos

PsYcHo_MiNd disse...

Por isso é que deixo os filhos para os outros. Entretanto vai-se treinando que é o melhor e pelo menos com os gajos não se fala das filhas mas sim das mães... :D
mas deixa estar que quando te calhar a ti ainda vais ser mais mãe babada.

Moyle disse...

isto é bastante fácil de resolver e, como parcialmente a solução está encontrada, só falta o "fait divers" e o Moyle está aqui para o ceder gratuitamente. Para evitar o constragimento de abandonar a conversa no grupo das pós-desovadas, pões a mão na barriga, fazes um esgar de dor e dizes: - Desculpem mas tenho que ir cagar! Agora que o pior está feito é juntares-te ao grupo dos que não falam de bebés e, igualmente fodido de aturar, dos que falam de carros, como inteligentemente apontou o capitão merda.
Ao preço que está a gasolina, encham-me a o depósito da viatura e eu atropelo quem for preciso.

H disse...

Gosto realmente deste Blogue!!! Vou linka-lo, com a vossa licença, caso não se importem de serem referenciadas num local mto mal frequentado!

Pedro Correia ou Poeta Acácio disse...

pois é, cara gaja boa 1... não, elas não têm um bug no processador, elas têm é uma versão nova de software. A versão Casada-de-frescoXPTO 1.0 vem com uma coisa de bom... a falta de filhos. Porém, como essas senhoras se esquecem de desligar as actualizações automáticas, foi-lhes instalada uma versão chata do software DonaDeCasa 2.0, Mãe 1.2.3.n e o ChataComóCaralho 3.1....

Mariquices à parte...

na realidade algumas delas não sabem ter conversas de jeito, atão a modos que começam a falar dos seus catraios, para ver se a conversa ganha assunto... Porém, acontece totalmente o oposto, como a cara Gaja Boa teve a opurtunidade de constatar... Aliás, se eu tivesse a comer uma sobremesa e me dissessem que o catraio se tinha cagado todo para cima de fulana de tal, acho que lhe atirava era com o prato da sobremesa ao focinho!

Sem mais assunto (se é que tive assunto)

TENHO DITO

Esoj disse...

Então e quando os putos crescem e deixam de precisar que lhes mudem as fraldas? Nessa altura, algumas começam a sentir-se livres e investem tudo na carreira. Não tenho nada contra, antes pelo contrário, o pior são os efeitos secundários. Conhecem uma coisa chamada Sindroma dos Tempos Livres? É o pior que podem imaginar, em casa ou numa reunião de amigos, só conseguem falar de uma coisa, Trabalho. É insuportável, eu que o diga.

Sampaio disse...

Isso de casar e ter a casa cheia de bebés ranhentos deve ser msmo fudido pa!
Nem tao cedo quero ter ca os meus!

Gostei d ver k o sr kumkaneco esta d regresso apos 3 meses de lua d mel!! hehehe.
Abraços enbebézados!

ruivinha disse...

Para o tipp

Só tens um filho! Quando chegares ao 4º isso passa-te! Eu também gosto muito dos meus filhos, abdiquei de algumas coisas por eles, mas quando nasceu o 2º já encarei as coisas de outra forma, quando nasceram os gemeos fiquei vacinada. E por muito que goste deles e lhes ache graça...Santa paciência! Não vou para um jantar empanturrar as minhas amigas com conversas sobre eles e imagina o sem número de histórias que tenho para contar com 4 filhos.
Bjs

camas e algemas disse...

Tens toda a razão! Apoiada! Ainda estou na casa dos vintes mas já sofro com o mesmo drama! é que não falam mesmo de mais nada! Enão vale a pena tentares mudar de conversa, que a canalha vem sempre à baila... bjs

Marrie disse...

Tenho duas crias mas se é pra falar, ainda prefiro falar das maravilhas do meu maridão!!! Mas, na verdade, não me incluo em nenhum dos grupos p/os quais fizestes referência! OU melhor.... talvez esteja exatamente nos dois. É sempre bom variar de vem em qdo!!!
abraços e bom fim de semana

Jim disse...

Ola Gaja 1.....
tas boa? ;)
eheheheeh
é mesmo isso, é de facto um "Bug" no sistema que lhes impede de pensar que existe outras coisas na vida. Mas é mesmo assim, genetico!!

O pior é que a atençao aos maridos cai a pique... o que muitas vezes nos faz dar umas olhadelas para o vai paasando ao lado.... (olhar nao tira bocado...eheheeheh)

como eu costumo ja ouvi dizer:
depois do puto nascer passamos a disputar o lugar no tapete do chao da cozinha com o gato, cao ou outro animal similar..... Ora se nao tivermos nenhuma mascote em casa melhor! assim ficamos com o tapete so para nos....
E com sorte pode ser que recebamos um pouco de atenção:-Bobi! , digo Joao! toma conta do bebe enquanto vou tomar banho.

jokas obedientes
Jim

SílviA disse...

Imagina os meus almoços e lanches com Educadoras e Auxiliares que so falam da familia, da casa que estou a comprar, do sofá que viram na IKEA mas que na Moviflor era mais barato,de terem que arrumar a casa...

Prefiro conversar com as minhas crianças que sempre contam historias interessantes e constrangedoras dos pais.ehe.

Anonimo do Algarve disse...

A minha situaçao por enquanto ainda estou sem descendencia directa, mas tenho dois cães k adoro E são membros do agregado familiar. Adoro crianças mas por vezes ate parece k somos discriminados só porque n temos ainda crianças,(temos 1º k aproveitar a vida). Já as conversas nas festas são sempre as mesmas - o meu tem + 100gr; - o meu cresceu 5 cm.
Eu digo TIREM-ME DAQUI.

Bjs e bom fim de semana

FC disse...

Será?

Acho que sim...

Mas é como tudo...

Deixa-os crescer...

E logo a conversa muda...

Digo eu ;)

luafeiticeira disse...

Eu quando oiço conversas dessas, e olha que também tenho um filho, lembro-me sempre dum anúncio de telemóveis (acho) qua dava aqui há uns tempos em que um casal mostrava a uma amiga as fotos do filho/a e diziam: "o promeiro passinho, o segundo passinho, o terceiro passinho...". Faz isso: quando as ouvires a galinhar põe-te a dizer em voz alta: o 1º passinho, o 2º passinho...
jocas

BLITZ disse...

O seu blog foi cuscado!!!!

Allie disse...

Imagino que seja assim, embora ainda não tenha amigas com filhos ou casadas! Mas, deve ser um bocado chato, sem dúvida. Casamento + filhos = diminuição drástica de saber estar em sociedade???

Neptu'nus disse...

foda-se essas tuas amigas são un tédio, mas acrediat que à umas casadass que dizem humm adorava mamar-te o caralho se...tivesses mais alguns semtimetros hihihi

Gaja Boa 1 disse...

Esoj

ahahah Obrigada primeiríssimo!!!

beijos primeiros

Gaja Boa 1 disse...

Pedro

ahahha Também voto nessa da formatação!!! É que algumas mais parece um disco riscado... ehehhe

beijos formatados

Gaja Boa 1 disse...

flankus

Obrigada, a gente retribui... Mas para isso tens que deixar o link do teu blog!! Convém... ehehehe para a gente saber qual é!!!

beijos linkados

Gaja Boa 1 disse...

zé (do beco)

Com duas ervilhas??? Eu até digo mais, e uma das ervilhas está completamente ressequida, e a outra tá inchada!!!
ahaha

beijos inchados

Gaja Boa 1 disse...

Diabba

ahahah Nem todas as mães são assim, GRÁÇÁ-DEU, né?

Mas as que só falam nos filhos também só gostam dos delas, e os filhos delas são os melhores...

beijos gostosos

Gaja Boa 1 disse...

tavguinu

ahahh Pronto, aí a malta despacha-se mais rápido, por aqui ainda não chegaram aí.. Não é que demorem, mas pronto...

Quanto ao massacre, eu referia-me ao que elas me íam fazer quando lessem este post... ehehhe

beijos massacrados

Charmoso disse...

Foda-se, haja paciencia para tanta conversa da treta. Em vez de falarem das fodas que dão, ou o caralho, andam a falar das merdas da casa... ah, e depois quixam-se que estão fartas dos trabalhos domésticos (nota-se, nao os largam nem nas conversas com as amigas - is it love???)

bjs com charme

Piston disse...

São as gajas que vão desleixar-se, ser encornadas e que vão entrar na fossa quando os filhos quiserem fazer a vida deles. A delas acaba.

fernandinho vai ao vinho. disse...

Donas de casa quê??? Desentupidas????

Alguêm tem aspirinas?

banana disse...

só tou nos 20, mas o meu namorado já n, por isso tenho q aturar disso algumas vezes...
é hediondo. fujo sempre para o grupo dos gajos, e desculpo-me comfalta de ar, vontade de faezr xixi, dores nas costas... mas n aguneto mt tempo. só se estiver a magicar um post sobre baboseiras. é que é sempre uma boa sementeira de asneirada.

Paula disse...

Não ha paciencia para essas gaijas ....mas eu ate k tenho sorte...sim..as minhas amigas casadas e com filhos continuam a ter as mesmas conversas de sempre...akelas k tinhamos kuando eramos chavalas....sou uma mulher com sorte pelo k vejo


beijos maternais

Blue Mayfly disse...

É engraçado, porque raramente ouves pais a falar de educar a criançada e na maioria das vezes até valorizam coisas que são um belo estímulo à má educação destas crianças ou um modo de tornar as crianças cada vez mais dependentes do adulto e mimadas! Insultou a senhora da padaria? Não há problema, vejam como ele fala bem! Tem cinco anos e ainda usa chupeta? não há problema, ele chora muito se eu lha tirar! Tem 3 anos e ainda não come sozinho.... claro é tão pequenino! Suja tudo e é mais facil dar o biberão ou ele nunca mais come! Dorme no meio dos pais? Sem problema... ainda é pequenino!
Sinceramente? Estas coisas arrepiam-me!
A maioria dos meus amigos ainda não tem filhos. Por isso não os ouço com essas barbaridades. Mas quando surge, não me incomoda muito, porque tenho uma enorme capacidade de abstracção e aproveito para brincar com os pimpolhos em questão. (Estou bem a ver o meu futuro. daqui a uns anos estou igual :S)

Gaja Boa 1 disse...

fernandinho vai ao vinho

ahahha Ora aí está uma boa ideia, quando começarem com essas merdas, é logo... PUMBA!!!! Grupo de gaiteiros pela cabeça abaixo!!! ehehehe

beijos gaiteiros

Gaja Boa 1 disse...

Vânia

É que realmente isto é uma praga, há gajas que não conseguem falar de mais nada, só dos filhos, só dos filhos...
E depois os outros é que são uma seca...

beijos secos

Gaja Boa 1 disse...

Dr.Phil

Infelizmente também conheces pessoas assim, né??? Pois...

beijos conhecidos

Gaja Boa 1 disse...

Tony Soprano

Pois, se já constataste que só falam da boda de casamento... Vai-te preparando.

PRóxima fase é a falar das maravilhas do casamento, e depois...

PUFAS!!!

Vão-se converter no que eu descrevi!!! ahahahha

beijos descritos

Gaja Boa 1 disse...

Laredo

As gajas se quiserem têm muitos mais interesses em comum... Queres um exemplo: tratamentos anti-celulite, massagens, tratamentos anti-rugas, cremes milagrosos e por exemplo de ejaculação feminina...

Elas é que não conseguem pensar em mais nada e estão ali a competir umas com as outras pra ver qual o rebento mais dotado... Ridículas!!!

beijos milagrosos

Gaja Boa 1 disse...

Ruivinha

ahahah Também concordas que as conversas deles são bem mais interessantes... lol

beijos interessantes

Gaja Boa 1 disse...

kumkaneco

ahahah Foda-se!!! Isso é que foi uma lua de mel... Quando for grande também quero!!!!

E que tal é andares com uma gaja casada??

beijos casados

Gaja Boa 1 disse...

Francis

ahhh Já vi que também sofres do mesmo mal...

beijos sofredores

Gaja Boa 1 disse...

João M. R. Alves

Ui... Já há dez anos? e com esse espírito?? Vai lá vai...

Claro que a descendência é o que temos na vida, mas não devemos viver obsecados com isso!!

beijos obsecados

Gaja Boa 1 disse...

Tipp

ahahah Gostei da tua descrição, pelo menos rebateste os aspectos negativos e deste-lhe uma cor bem diferente.

Agora duvido que quando estejas com os teus amigos passes horas unica e exclusivamente a falar do teu rebento...

beijos descritos

Gaja Boa 1 disse...

Nariz empinado

ehehe Nem todas são assim, muitas delas conseguem falar equilibradamente de tudo inclusivé dos filhos...

beijos equilibrados

Gaja Boa 1 disse...

Capitão Merda

É o que vou fazendo, raspo-me sorrateiramente e pumba!! Vou alapar-me ao lado dos gajos...

beijos sorrateiros

Gaja Boa 1 disse...

tecnica de hardware

Obrigada, temos sempre ali o exemplo da boa2, casada e com dois filhos e nunca foi uma companhia maçadora... Temos que combinar umas borgas, ai temos temos...

beijos borgantes

Gaja Boa 1 disse...

Isabella

Claro, venham de lá umas asneiradas, mas quando a gente sai po relax não é para falar de atrofios e stressar toda a gente...

beijos asneirados

Gaja Boa 1 disse...

2 idiotas super hiper ri fixes

Tens toda a razão!!! Mas no grupo há malta porreira que nem tem nada a ver com essas gajas e também não é justo...

beijos justos

Gaja Boa 1 disse...

Vitor

eheheh Bem visto, mas se frequentas esta tasquita, bem sabes que eu tenho um mau feitio terrível. Como eu costumo dizer, sou marca cemitério...

Achas que com este mau feitio alguém me atura??? Nããããã.....

beijos maus-feitios

Gaja Boa 1 disse...

o segredo da lua

Ora nem mais, eu pelo menos vou lutar para não ficar assim...

beijos lutadores

Gaja Boa 1 disse...

PsYcHo_MiNd

ahahah Isso é praga??? Tu não me rogues pragas senão tenho que sacar do chicote... eheheh

beijos rogados

Gaja Boa 1 disse...

Moyle

ahahah eu posso ser a co-pilota??? E ainda ajudo a pagar a gasolina pa sair dali... eheheh

Tou contigo...

beijos pagos

Gaja Boa 1 disse...

H

Obrigada por nos linkares, a boa2 já te vai linkar na demora nada (esta semana é ela que toma as rédeas da tasca). Tu linka-nos e fica linkado com a gente...

beijos linkados

Gaja Boa 1 disse...

Pedro Correia ou Poeta Acácio

E não dá para formatar??

Elas estão tão embrenhadas na competição, entre elas, de qual o rebento mais dotado, que se esquecem das figurinhas tristes que fazem...

beijos poéticos

Gaja Boa 1 disse...

Esoj

Aliás qualquer pessoa que só consiga falar de um assunto, torna-se bastante monótona e aborrecida...

Beijos não-monótonos

Gaja Boa 1 disse...

Sampaio

Eu até acho piada a crianças, mas 4 horas???

Socorro!!!

Isto das luas de mel de 3 meses... Vai lá vai que até a barraca abana!!!

beijos abanados

Crestfallen disse...

Cara Gaja Boa 1,

Sou trintão, não sou casado nem junto. Não tenho filhos (pelo menos que eu saiba). Nesses jantares, enquanto eles falam de futebol e de gajas eu estou com as gajas deles a "mudar de assunto"... Serei normal?

Gaja Boa 1 disse...

ruivinha

ahahah Gostei do teu ponto de vista!!! Eu como não tenho filhos, nem posso falar...

beijos apoiados

Gaja Boa 1 disse...

camas e algemas

Ainda só estás na casa dos 20's
?? Então espera pela casa dos 30's... É só filhos, filhos, filhos, filhos, cortinados, mobília, filhos filhos...

Beijos apoianttes

Gaja Boa 1 disse...

Marrie

ahahah Política acima de tudo... Quando te fartas de um grupo, vais para o outro e lá tá...

beijos políticos

Gaja Boa 1 disse...

Jim

ahahah Esse é outro assunto escaldantte para debater aqui, aliás deixo-te o desafio de escreveres um post sob a perspectiva masculina desse assunto... Quando os filhos nascem, qual o papel dos gajos??

beijos cuscos

Gaja Boa 1 disse...

SílviA

ahahahahah

Concordo plenamente contigo!!!!! Imagino as histórias que tens para contar dos podres dos país das criancinhas... eheheh

beijos concordantes

Gaja Boa 1 disse...

Anonimo do Algarve

Pois, também sentes na pele a descriminação de quem não tem filhos... Tipo, não somos válidos para as conversas grupais...

beijos compreensivos

Gaja Boa 1 disse...

FC

Claro, quando crescerem os pais evitam falar deles para não contarem os enxovalhamentos a que estes os submetem... ahahha

beijos crescidos

Gaja Boa 1 disse...

luafeiticeira

vou experimentar, mas penso que não se íam tocar... Ainda olhavam para mim de lado como se fosse biruta...

ahahahah

beijos experimentais

Gaja Boa 1 disse...

BLITZ

Cusca à vontade...

beijos cuscos

Gaja Boa 1 disse...

Allie

ahahah Começas a ter indícios quando andam a preparar o casamento... Nessa fase SÓ falam disso...

beijos falantes

Gaja Boa 1 disse...

Neptu'nus

Acho que elas se tivessem algo de jeito para chuparem, não falavam tanto nos filhos...

ahahhaha

beijos sentidos

Gaja Boa 1 disse...

Charmoso


Eu não queria ser assim tão directa... obrigada!!! Chegaste ao ponto!!! Se passam a vida a falar nisso, então não se queixem!!!

beijos queixosos

Gaja Boa 1 disse...

Piston

Sim senhor, eu acho que elas estão a viver a vida delas através dos filhos... Depois fodem-se!!!!

Mas também não tenho grande pena!!!

beijos vividos

Gaja Boa 1 disse...

fernandinho vai ao vinho

Eu se fosse a ti abria uma empresa de desentupimentos de gajas casadas... olha que à falência não ía...

Toma lá uma aspirina!!1

beijos aspirados

Gaja Boa 1 disse...

banana

ahahha Aproveita esses momentos e leva um bloquinho de notas... E dizes que andas em trabalho de pesquisa... Elas são um poço inesgotável de ideias...

ahahhaha

beijos inesgotáveis

Gaja Boa 1 disse...

Paula

Pois, podes crer que estás com sorte.. Não levas com as histórias das crianças dos outros... Vai lá vai!!!

beijos sortudos

Gaja Boa 1 disse...

Blue Mayfly


ahahah Não penses assim, não estás nada igual. eu acho que as gajas que são assim, é porque a vida delas é um vazio completo e não têm mais nada que falar, então para não se sentirem ainda mais frustradas, toca a falar nos rebentos...

beijos pensantes

Gaja Boa 1 disse...

Crestfallen

ahahahah Essa foi demais!!! Não sei se será normal, mas posso garantir-te que não é usual... hahahah

Lá isso é verdade...

beijos usuais

SílviA disse...

Eu até tenho mas para as contar teria que criar um blog novo que não revelasse a minha identidade.

Pais deste país... as criancinhas vêm tudo e as Educadoras gostam de puxar por eles.ehehe.

Mea culpa ;)

Bjito

PEIXE disse...

looollll

Isso já me aconteceu umas vezes, quando a conversa começa a ser repetitiva a primeira coisa que faço é tentar puxar por outros assuntos, se isso não resultar um desconto de tempo (uma ida á casa de banho resulta quase sempre e em vez de voltares ficas pelo caminho), se nenhuma das duas resultar.

Time too get radical....

Beijokas radicáles

Maria disse...

Pois eu sei bem o que é isso: já passo dos 30, divorciei-me há pouco tempo e não tenho filhos; trabalho juntamente com 10 mulheres, todas mães excepto eu!!!!!!!! Já podes imaginar: aqui a je fica sempre à parte das conversas, pois não fazem outra coisa senão falar de cocós, vomitados, bronquilites e merdas dessas. E eu é que sou a anormal!!!!!!!!!!!!!!!!!

Som Do Silêncio © disse...

Oh Gaja Boa
Nem sei que te diga...
Só que vi a tortura que eu passo nesses jantares!
E eu sou mal vista pelas gajas...
tenho o péssimo hábito de "fugir" pro grupo de gajos! lol
Beijos trintoes

Pedro Correia ou Poeta Acácio disse...

Por acaso até que dá para efectuar a formataçãozita, mas como tudo na vida tem um reset, era inevitável que as catraias perdessem de certas e determinadas qualidades latentes!

Pendo eu.

TENHO DITO

Pedro Correia ou Poeta Acácio disse...

... quer dizer: Penso EU!

TENHO DITO (outra vez)

Gaja Boa 1 disse...

SílviA

Olha que era uma boa ideia, eu era a fã numero um para saber os podres... ahahaha já sabes que sou cusca!!!!

beijo primeirissimos

Gaja Boa 1 disse...

Peixe

Mas no grupo há gajas porreiras que não merecem o meu desprezo... Que faça???

beijos porreiros

Gaja Boa 1 disse...

Maria

Não és nada, elas é que não têm mais assunto... É triste quando alguém só consegue falar de uma única coisa...

Passa ao lado, já viste quando as crianças crescerem e começarem a fazer porcaria da grossa??? Aposto que nessa altura nem a boca abrem...

beijos compreensivos

Gaja Boa 1 disse...

Som Do Silêncio

QUe sa foda, que vão pregar secas destas pó caralho mais velho...

Junta-te aos gajos!!! ehehehe

beijos juntos

Gaja Boa 1 disse...

Pedro Correia ou Poeta Acácio

Essa formatação acontece quando arranjam um amante... hahahaah

beijos amantizados

Desmoralizado disse...

No meu trabalho só lido com mulherio e levo com cada aula de pediatria, deu para aprender umas quantas coisas que agora posso aplicar aos sobrinhos, mas tb havia conversas + picantes q gostamos sempre de saber.
Agora estou noutro local de trabalho onde tb só lido com mulherio mas com estas está longe de ser a mesma coisa, perdeu muito interesse.

Vício disse...

que saudades que deves ter das cusquices que faziam dos respectivos maridos!!!

PEIXE disse...

ok..... atão.

Só "beijo" uma maneira.

Dizes, como eu (ás vezes), quando vêm com a lenga-lenga, sai-me qualquer coisa como

frases de saida
"vou sair daqui se não ainda vou apanhar uma gravidez psicológica",

"que é isto um ataque coléctivo de "mâezice" ou "paizice" vou embora que isto "apégasse""

a infalivel....

"e já agora, se quiser um(a) igual, qual foi a posição do acto, queca ou foda (depende da confiança), que fizeste" ai a coisa muda logo, acredita que começam logo a dizer foi de lado,de frente, de costas ou não se lembram.

Maior que desejo maternal só mesmo o desejo sexual...lolll

beijos maternais

Gaja Boa 1 disse...

Desmoralizado

Claro que uma pessoa deve falar de vários assuntos, e claro, se é casada e tens filhos, também deve falar disso...

Eu referia aquelas mulheres que só sabem falar do marido, da casa, dos filhos e dos vómitos das crias...

beijos criados

Gaja Boa 1 disse...

Vício

Achas??? Parece K7 pirata: ai o meu é do melhor, faz tudo, e 5 estrelas, e o meu?? O meu cozinha e fez-me a depilação...

Tipo competição!!! Se os gajos delas imaginassem....

beijos imaginados

Gaja Boa 1 disse...

Peixe

ahahhaha Olha que vou por em prática essas frases... ahahahha Depois logo te digo, das reacções da gajada... ehehhehe

Beijos praticados

Anónimo disse...

Para 30 anos falas bem... é alhos e bugalhos para todo o lado. LOL

´DE qualquer forma, um conselho. Não espingardes antes de seres mãe (coitado do puto). Se fores umas mãe às direitas tb vais falar do puto a toda a hora. Faz parte da natureza humana. É assim que funciona. Se calhar é um botão que se liga quando se está a parir, mas é que podes escrever isto. Quando parires o teu filho também vais activar o botão.

Gaja Boa 1 disse...

Anónimo

Aconselho-te a teres umas explicações de português, porque contatei que tens sérias dificuldades a perceber o que se escreve!!!

Se nem me conheces não tens carácter nenhum para me avaliar como mãe, pior será ter um progenitor como tu que anda de cara tapada a comentar na internet blog's alheios!!!

Shadows in Love disse...

Pois minha cara amiga eu também sou dessas... que vai discutir futebol e afins... não tenho paciencia para conversa de galheiro... antes ouvir os gajos falar nas mamas boas desta ou daquela...

Gaja Boa 1 disse...

Shadows in Love

ahahha E já te aconteceu como a mim: esqueceres, e quando vais a dar conta, lá tás tu também a comentar as mamas e o cagueiro das gajas...

ahahhaha

beijos comentados

Stephen King disse...

Subscrevo integralmente.
E também sou cruxificado a espaços. :)

Gaja Boa 1 disse...

Stephen King

Com esse nick, já subiste para o topo da minha consideração!!!

Já tenho companhia na cruxificação??

beijos acompanhados

Angélika disse...

Citando: "Portanto, meus amigos, quando virem um grupo de amigos numa jantarada, e virem lá no meio dos gajos uma maluquinha a falar da transferência dos jogardores "Zé Marreco" e "Marreta da Silva" para o clube "Pernetas das Esquina", essa gaja sou EU!!!"

SUBSCREVO!!!

Portanto ou podes ser tu, ou eu agarrada à bjeka e entretida a falar cus gajos, que conversa de gaja mete NOJO! E não é só de gaja trintona. Não! Com 18 anos quando vieram as conversas de namorados, pisguei-me e fui pro meio dos gajos falar de futebol, musica e gajas. Sim foi aí que aprendi a falar e saber o que é um bom cu e um bom par de mamas LOL. Mas sou casada e não sofro do mesmo problemas do resto do gajedo... nem as entendo... Conclusão: Quero é que sa fodam que eu vou-em entretendo na conversa com os respectivos.

Gaja Boa 1 disse...

Angélika

Afinal não sou a única a pensar assim...

Obrigada por partilhares da minha opinião, assim já não me sinto tão à parte... lol

beijos partilhados